Substituto de Romero, José Augusto 'Gugu' comemora chance de enfrentar Johnson: 'Oportunidade da vida' | SUPER LUTAS

Substituto de Romero, José Augusto ‘Gugu’ comemora chance de enfrentar Johnson: ‘Oportunidade da vida’

Depois de assumir o lugar do cubano, brasileiro fala sobre expectativa para embate diante do antigo ícone do UFC

J. Augusto ‘Gugu’ substitui Y. Romero diante de A. Johnson no Bellator 258. Foto: Divulgação/Bellator

Pouco mais de um mês depois de dar show em sua estreia no Bellator, José Augusto ‘Gugu’ foi escalado para a ‘Luta da Vida’. Com Yoel Romero fora de ação, o brasileiro topou o desafio de substituir o cubano diante do perigoso Anthony Johnson de última hora, em luta que acontece nesta sexta-feira (7). Ciente do grande compromisso, o baiano não esconde a empolgação para se testar diante do antigo ícone do UFC.

“É a oportunidade da minha vida. Fiquei muito feliz e vou dar meu melhor para aproveitar. Eu estava fazendo treinos de manutenção apenas, porque não esperava lutar tão cedo. Mas estou bem. Faz pouco tempo que lutei, não tive nenhum machucado, estou em um ritmo bom. Acredito que vai dar tudo certo”, disse o lutador, em fala enviada por meio de sua assessoria.

Em seu primeiro desafio, ‘Gugu’ não teve problemas para vencer. No confronto que marcou sua estreia no Bellator, o baiano abriu sua caixa de ferramentas e finalizou Jonathan Wilson ainda no primeiro round.

Ao topar encarar Johnson em seu segundo embate pela empresa, Agusto, automaticamente foi inserido no torneio dos meio-pesados (até 93kg.). Para vencer o campeonato, que, além do cinturão, dá ao melhor competidor o prêmio de US$1 milhão (cerca de R$5,4 milhões), o baiano sabe que não terá vida fácil diante de Anthony.

“Ele é muito perigoso, todo mundo sabe o risco que ele apresenta nas lutas, especialmente no início. Mas minha expectativa é chegar lá e implementar a estratégia que pensamos, conseguir explorar as brechas no jogo dele e sair com essa vitória. Quero mostrar que vim pra ficar e ser o campeão mundial”, concluiu o tupiniquim.

Aos 29 anos, ‘Gugu’ se encaminha para seu 11º compromisso como profissional no MMA. Hoje, o atleta soma sete triunfos, dois reveses e uma ‘luta sem resultado’.

Veterano no esporte e ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados do UFC, Johnson retoma a carreira aos 37 anos de idade. O atleta não se apresenta desde 2017, quando foi superado por Daniel Cormier na disputa do título. Atualmente, o norte-americano conta com um cartel com 22 resultados positivos e seis negativos.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments