Nível de testosterona de Overeem fica abaixo do normal no UFC 156

Suspenso ano passado por apresentar excesso da substância, holandês teve queda acentuada na concentração do hormônio

Overeem na pesagem do UFC 156: Nível de testosterona quase na metade do normal. Foto: Josh Hedges/UFC

Overeem na pesagem do UFC 156: Nível de testosterona quase na metade do normal. Foto: Josh Hedges/UFC

O exame antidoping de Alistair Overeem surpreendeu mais uma vez. O holandês, que foi vigiado de perto no UFC 156, depois de ser pego com excesso de testosterona no organismo, desta vez apresentou níveis do hormônio bem abaixo que o normal. Na noite desta quinta-feira (28), a Comissão Atlética do Estado de Nevada, entidade quer sancionou o UFC 156, revelou que Overeem teve índices de testosterona “perigosamente baixos” para um atleta de alto rendimento.

De acordo com o relatório do diretor-executivo Keith Kizer, o lutador holandês apresentou 179 nanogramas por decilitro de sangue em seu exame, um número que representa quase a metade do considerado normal.

PUBLICIDADE:

“Uma leitura abaixo de 300 (nanogramas) seria considerada baixa, e com menos de 250 é baixo o suficiente para abrir riscos de uma variedade de problemas a saúde. A testosterona baixa conduz a perda de agressividade, diminuição da força e lentidão total”, dizia um trecho do relatório.

Entenda o caso:

PUBLICIDADE:

Overeem estava escalado para enfrentar Júnior Cigano no UFC 146, em maio de 2012. Mas o lutador foi pego em um exame antidoping surpresa, em março do ano passado, com altos níveis de testosterona no organismo. Diante do ocorrido, Overeem foi afastado por nove meses e, em seu lugar, Frank Mir foi escalado para disputar o cinturão dos pesados contra Júnior dos Santos.

À época, a defesa de Overeem alegou que o elevado nível de testosterona encontrado no organismo do lutador foi resultado de uma injeção prescrita por seu médico. A estratégia da defesa, porém, não foi tão bem sucedida. A Comissão Atlética do Estado de Nevada, que manteve a punição a “The Reem”, como é conhecido, alegou que o atleta é responsável por toda e qualquer substância que se apresente em seu organismo.

PUBLICIDADE:

Diante da manutenção da punição, Overeem só voltou a lutar no UFC 156, no último dia 2 de fevereiro. Durante a preparação e na própria noite de lutas, o peso pesado foi vigiado de perto pela organização do evento e por membros da Comissão Atlética. Dentro do octógono, o holandês teve um desempenho que vai de encontro com o relatório apresentado por Kizer. Ele começou bem a luta contra Antônio Pezão, mas perdeu o ritmo de luta na segunda metade do duelo e acabou nocauteado no terceiro round.

Revelado o plano para vitória de Alex Poatan em ‘luta dos sonhos’ contra Jon Jones

Leia Mais sobre: ,


Comentários

2 respostas para “Nível de testosterona de Overeem fica abaixo do normal no UFC 156”

  1. julio disse:

    é por isso q o Pezao ganhou dele!! o Overeem é muito melhor q o Pezao!!

  2. Julio disse:

    por isso q o Pezao ganhou dele!! o Overeem é muito melhor q o Pezao!

Deixe um comentário

Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300