TUF Brasil 2: Tiago Alves e Yan Cabral avançam para as quartas de final

Time de Fabrício Werdum abre 2x0 contra equipe de Rodrigo Minotauro

Y. Cabral vence D. Viera no TUF Brasil 2. Foto: Divulgação/UFC

Y. Cabral vence D. Viera no TUF Brasil 2. Foto: Divulgação/UFC

O paulista Tiago Alves e o carioca Yan Cabral são os primeiros atletas a garantir vaga nas quartas de final do TUF Brasil 2. Os lutadores, que integram o time de Fabrício Werdum, bateram Cleiton Foguete e David Viera, da equipe de Rodrigo Minotauro, e avançaram na disputa. Tiago superou Foguete na decisão unânime dos juízes, enquanto Yan finalizou David no segundo round com um mata-leão.

O episódio

O terceiro programa do reality show do UFC, exibido deste domingo (31), começou com os atletas conhecendo a casa onde ficarão hospedados. Mas logo em seguida os técnicos convocaram os lutadores para o CT e passaram as regras da competição, prêmios para os vencedores e bônus para finalizações e nocautes durante o programa.

Depois foi a vez de se marcar a primeira luta. Como Fabrício Werdum havia vencido o sorteio no programa anterior, ele teve a possibilidade de escolher o primeiro confronto. Os selecionados foram Tiago Alves para representando o time Werdum e Cleiton Foguete da equipe de Minotauro.

Tiago Alves vs. Foguete

A primeira luta da noite foi marcada pelo domínio de Tiago Alves. O atleta do time Werdum aproveitou o momento certo para levar Cleiton Foguete para o solo e manter o rival de costas no chão, somando pontos. O lutador da equipe de Minotauro, que ainda tinha bastante ferimentos da etapa eliminatória, até buscou voltar mais agressivo no segundo round. Porém, quando tentou aplicar um chute rodado, ele foi novamente derrubado e mantido no solo até o final da parcial.

Após 10 minutos de disputa, Tiago Alves levou a luta na decisão unânime dos juízes e garantiu vaga nas quartas de final do TUF Brasil 2. “Eu escutei uma conversa de que eu iria morrer no gás no segundo round, mas fui bem e passei o carro o tempo todo”, disse Tiago.

Yan vence, mas tem suspeita de fratura na mão

Com a vitória de Tiago Alves, Fabrício Werdum manteve o direito de escolher a próxima luta da competição. Para representar seu time, Fabrício chamou Yan Cabral, enquanto da equipe de Minotauro, ele convocou David Viera.

A luta entre os atletas, especialistas no solo, foi uma aula de jiu-jitsu. Logo nos primeiros movimentos, David chamou Yan para a guarda, chegou as costas, mas não conseguiu encaixar o estrangulamento. Logo em seguida, ele ainda tentou uma chave de perna, que também foi bem defendida por Yan.

Após defender os taques do rival, Yan conseguiu se estabilizar por cima na luta de solo e começou a trabalhar com socos, sempre tentando abrir espaço para avançar nas posições. Nos segundos finais do primeiro assalto, Cabral soltou vários golpes em David, que conseguiu sobreviver até o final da parcial.

No intervalo para o segundo assalto veio o grande susto. Yan Cabral chamou Fabrício Werdum e disse que tinha quebrado a mão. O técnico recomendou calma ao seu aluno e pediu para que ele lutasse com inteligência.

No recomeço da luta, Yan esperou as ações de David. Como o atleta do time de Minotauro não atacou, ele acertou um bom chute nas costelas do rival. Sentindo o golpe, Viera tentou uma queda, mas acabou ficando por baixo.Por cima na luta de solo, Yan trabalhou com golpes, mesmo com a lesão na mão, até que David virasse de costas e ele tivesse a oportunidade de encaixar o mata-leão, que garantiu a vitória.

Depois do triunfo, Yan comemorou com a equipe, mas voltou a reclamar de dores na mão. Ele foi levado ao hospital e submetido a um exame de raio-x. O resultado será revelado no próximo programa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments