Lutadora transexual vence batalha na Comissão Atlética e irá competir entre as mulheres

Suposta transexualidade de Fox Fallon vai ser avaliada nos próximos dias. Foto: Facebook / Reprodução

Fallon Fox conseguiu autorização para competir no MMA feminino. Foto: Facebook / Reprodução

A polêmica envolvendo o nome Fallon Fox nos últimos dias teve um final feliz para a lutadora. A lutadora, que é transexual, venceu a batalha junto a Comissão Atlética do Estado da Florida e renovou sua licença para competir. Agora, ela poderá lutar  no MMA profissional contra outras mulheres.

“Eu me sinto muito feliz que eles chegaram à essa conclusão. Eu tinha certeza que iria olhar para eles e perceber que não estava tentando enganá-los só para conseguir uma licença”, disse Fox ao site Outsports.

Com a liberação, Fox irá enfrentar a compatriota Allanna Jones pelas semifinais do GP Championship Fighting Alliance (CFA), dia 24 de maio. Inicialmente, Jones chegou a se recusar a enfrentar uma atleta transexual, mas com a alegação da Comissão Atlética de que Fox não teria nenhuma vantagem física sobre ela, acabou aceitando o desafio.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments