Após declarações homofóbicas, Matt Mitrione é suspenso pelo UFC

Peso pesado fez duras críticas à atleta transexual Fallon Fox e foi punido por quebra de conduta

O UFC reagiu rápido à declaração forte de Matt Mitrione. Foto: Josh Hedges/UFC

O UFC reagiu rápido à declaração forte de Matt Mitrione. Foto: Josh Hedges/UFC

Depois de se exceder em uma entrevista e chamar a lutadora transexual Fallon Fox, entre outros xingamentos, de “aberração nojenta”, o peso pesado Matt Mitrione foi suspenso por tempo indeterminado pelo UFC. A organização divulgou uma carta aberta sobre o episódio.

“O UFC ficou chocado com os comentários ‘transfóbicos’ feitos pelo peso-pesado Matt Mitrione em entrevista de hoje ao programa MMA Hour. A organização acha os comentários do Sr. Mitrione altamente ofensivos e inteiramente inaceitáveis e – como resultado direto dessa significante quebra do código de conduta do UFC – o contrato do Sr. Mitrione está suspenso e o incidente está sendo investigado. O UFC é amigo e aliado da comunidade LGBT, espera e exige que seus 450 atletas tratem os outros com dignidade e respeito”, diz o texto.

Com o ocorrido, Matt Mitrione, que é ex-jogador profissional de futebol americano, pode complicar sua situação no Ultimate. No último sábado (6), ele havia conseguido sua primeira vitória em quase dois anos, quando nocauteou Phil de Fries em apenas 19 segundos, no UFC Suécia 2.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments