Uriah Hall evita desculpas ao comentar a derrota na final do TUF 17

Favorito ao título do reality, lutador foi derrotado por Kelvin Gastelum no último sábado

U. Hall (dir.) tenta um chute alto contra K. Gastelum (esq.) no TUF 17 Finale. Foto: Josh Hedges/UFC

U. Hall (dir.) tenta um chute alto contra K. Gastelum (esq.) no TUF 17 Finale. Foto: Josh Hedges/UFC

Um dos protagonistas de uma das grandes zebras das finais do relity show The Ultimate Fighter, o peso médio Uriah Hall evitou justificativas ao comentar sua derrota para o jovem Kelvin Gastelum, de apenas 21 anos, na final da 17ª edição do TUF. Antes do combate, nas casas de apostas, uma vitória de Gastelum pagava três vezes o valor apostado.

“Eu estava tentando me divertir, cara”, disse Hall. “Esse lado meio que tirou o melhor de mim, mas não há desculpas. Kelvin é um grande cara. Ele é um garoto forte. Acho que ele pode ir muito longe no esporte, e eu estou feliz por ele”, concluiu.

Uriah Hall ficou conhecido no TUF 17 por mandar seus três adversários no torneio do reality para o hospital. No mais impressionante dos seus nocautes, que ganhou a prêmio de melhor da temporada, Hall acertou um preciso chute rodado na cabeça de Adam Cella.

Apesar da fama instantânea e da expectativa, demonstrada inclusive por Dana White em suas entrevistas, Uriah Hall foi derrotado – por decisão divida dos juízes – na co-luta principal do TUF 17 Finale. Seu algoz, Kelvin Gastelum, se tornou o mais jovem campeão da história do reality show.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments