Neiman Gracie dá show, atropela rival e conquista o primeiro nocaute da carreira no Bellator 266

Famoso por seu jiu-jitsu de excelência, brasileiro mostra evolução e supera Mark Lemminger no primeiro round, neste sábado

N. Gracie comemora vitória pelo Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Atropelo total. Na luta co-principal do Bellator 266, realizado neste sábado (18), na Califórnia (EUA), Neiman Gracie ‘esqueceu’ o jiu-jitsu e apostou nos punhos. Adversário de Mark Lemminger, o brasileiro não tomou conhecimento do adversário e, com um nocaute fulminante no primeiro round, liquidou a fatura, se colocando em boa condição para uma futura disputa de cinturão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Atual número quatro nos meio-médios (até 77kg.), Gracie subiu no cage circular para defender a posição e retomar o caminho das vitórias. Em abril, Neiman acabou superado por Jason Jackson e se afastou momentaneamente do sonho do título.

A vitória neste fim de semana marcou o primeiro nocaute na carreira do expoente na ‘arte suave’. Antes, o brasileiro somava nove finalizações em 10 resultados positivos. Depois do atropelo, o tupiniquim somou seu 11º triunfo na carreira.

PUBLICIDADE:

Ainda no cage, ao microfone, Gracie propôs um confronto contra o pupilo do Bellator, Michael Page.

Batido no fim de semana, Lemminger não conseguiu emplacar a segunda vitória consecutiva. O norte-americano acabou se complicando na empresa, com três derrotas em cinco compromissos.

PUBLICIDADE:

A luta

O duelo começou com Lemminger tomando a iniciativa com um jab, imediatamente respondido por Gracie. Ainda no primeiro minuto, Neiman encurtou a distância e partiu para a luta agarrada. O brasileiro encaixou um upper, que balançou Mark. Sentindo o bom momento, o tupiniquim seguiu golpeando. Bambo, o oponente de Gracie não reagia, o que obrigou a interrupção do árbitro.

PUBLICIDADE:

Alejandra Lara decepciona e perde para veterana

D. Bennett superou A. Lara no Bellator 266. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Com risco de demissão, DeAnna Bennett precisava de uma grande apresentação para manter seu emprego no Bellator. Derrotada em sua estreia na companhia e com três reveses consecutivas no cartel, a atleta deixou tudo no cage e surpreendeu ao bater a favorita Alejandra Lara. Após três assaltos, a atleta foi anunciada a vencedora na decisão unânime dos juízes.

Além de superar uma promessa da organização e retomar o caminho das vitórias, Bennett, de 36 anos, tem ainda mais motivos para vibrar. Com o triunfo, a lutadora deve assumir a quinta posição no ranking dos moscas (até 56,7kg.) e, caso siga triunfando, pode chegar a uma disputa de cinturão.

Em sua 11ª luta como profissional no MMA, Alejandra não conseguiu repetir as boas atuações de anos atrás. Com o tropeço, a jovem de 27 anos, agora, tem duas derrotas consecutivas.

Rogers domina Karakhanyan e vence por pontos

S. Rogers abusou da luta agarrada e não deu chances a G. Karakhanyan. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Diante de um veterano da organização, Saul Rogers não tomou conhecimento do rival e voltou a vencer no MMA. Representante do peso leve (até 70,3kg.), o lutador encarou Georgi Karakhanian e protagonizou um ‘monólogo’. Usando a luta agarrada e sem dar chances ao rival, o combatente levou o resultado positivo na decisão unânime dos juízes.

A vitória no Bellator 266 fez com que Saul retomasse o caminho das vitórias. O combatente vinha de tropeço na carreira, quando foi superado por Mads Burnell, em abril, com uma finalização.

Ex-campeão do WSOF, Karakhanyhan pode ter dado adeus ao Bellator. O compromisso deste fim de semana marcou o último confronto do atleta em seu contrato atual com a empresa. O tropeço interrompeu uma sequência de duas vitórias do atleta, que atua pela companhia desde 2015.

Ben Parrish atropela invicto em estreia

B. Parrish aplica sequência que decretou nocaute sobre C. Edwards. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Não deu nem para suar. Na luta que marcou sua estreia como atleta do Bellator, Ben Parrish deu um verdadeiro show e ‘quebrou a banca’. Azarão contra o número oito no ranking dos meio-pesados (até 93kg.), Christian Edwards, o atleta ignorou os perigos e encontrou a vitória com um nocaute brutal com apenas 38 segundos de confronto.

Com a vitória, Parrish debuta no Bellator com o pé direito. Depois do atropelo, o lutador deve ser inserido no top 10 do grupo liderado por Vadim Nemkov.

Vítima dos punhos de Ben, Edwards conheceu a primeira derrota na carreira. Antes de subir ao cage circular neste fim de semana, o atleta somava cinco triunfos em sequência.

Grant Neal perde invencibilidade em luta equilibrada

A. Polizzi tenta dominar G. Neal em luta pelo Bellator 266. Foto: Reprodução/Instagram

Candidato a uma futura disputa de cinturão nos meio-pesados (até 93kg.) do Bellator, Grant Neal não conseguiu repetir as boas atuações que o levaram à sétima posição na divisão. No confronto que encerrou o card preliminar, o combatente encontrou dificuldades e parou diante de Alex Polizzi. Ao fim de três rounds, o ‘ranqueado’ acabou derrotado na decisão dividida dos juízes.

Além de correr o risco de perder a sétima posição no grupo liderado por Vadim Nemkov, Neal não esquecerá a noite deste sábado. O combatente sentiu, pela primeira vez, o gosto da derrota. Antes do Bellator 266, o lutador detinha um retrospecto invicto de seis apresentações.

Superior no confronto para dois dos juízes, Polizzi tem motivos de sobra para comemorar. Com o triunfo, o atleta chegou à nona vitória na carreira e deve ser incluído no top 10 dos meio-pesados.

Ex-Contender Series vence em estreia

A. Adams (dir.) derrotou K. Murtazaliev (esq.) por pontos no Bellator 266. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Depois de duas tentativas frustradas de chegar ao UFC, foi no Bellator que Anthony Adams encontrou o sucesso. Ex-Contender Series, o lutador teve uma pedreira logo em seu primeiro teste na ‘concorrência’ e soube superar as adversidades. Adversário de Khalid Murtazaliev, o peso médio (até 83,9kg.) conseguiu controlar o perigoso russo e convenceu os três juízes, levando a melhor por pontos após 15 minutos de disputa.

Com o resultado, Adams se recupera da última derrota na carreira. O atleta não se apresentava desde agosto de 2020, quando foi superado por Impa Kasanganay, no ‘Contender’. Agora, o lutador tem nove resultados positivos e dois negativos como profissional no MMA.

Famoso pelo poder de nocaute, Murtazaliev não conseguiu colocar sua principal arma em jogo. Batido nos pontos, o russo perdeu a invencibilidade no Bellator e, agora, chega à sua terceira derrota em 18 compromissos.

De volta após dois anos, Vaesau atropela

A. Vaesau (dir.) derrotou A. Gonzales (esq.) por nocaute no Bellator 266. Foto: Reprodução/Twitter @Bellator MMA

De volta ao cage circular após mais de dois anos de inatividade, Abraam Vaesau deu show. Conhecido por seu poder de nocaute, o lutador fez valer a fama e voltou a atropelar um adversário. A vítima da vez foi Albert Gonzales, que sucumbiu ao poder do oponente, desabando após uma combinação fatal de golpes logo no primeiro round.

Com o resultado, Abraham se recupera da derrota sofrida contra o brasileiro Renato Valente Alvez, em setembro de 2019. Agora, o combatente soma seis triunfos em nove desafios no MMA.

A derrota neste fim de semana complicou a situação de Gonzales. Atropelado, o lutador, agora, tem cartel negativo, com três tropeços em cinco desafios.

Rhalan Gracie perde luta equilibrada e segue sem vencer no MMA

R. Gracie foi derrotado no Bellator 266. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Membro da tradicional família de lutadores, Rhalan Gracie segue buscando o primeiro resultado positivo nas artes marciais mistas. Depois de perder em seus dois primeiros testes na modalidade, o combatente voltou a falhar em sua estreia no Bellator. Adversário de Shane Keefe, o brasileiro teve duelo equilibrado, mas não foi capaz de convencer os juízes, que, após três assaltos, deram a vitória por pontos ao rival.

Vitorioso no card preliminar, Keefe tem muito o que comemorar. Começando sua trajetória no MMA, o combatente chegou ao segundo resultado positivo em sequência e não sabe o que é perder.

Com o novo revés, Gracie ampliou seu cartel negativo. Agora, o lutador tem três tropeços em três desafios como profissional na modalidade.

Resultados do Bellator 266

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93kg.): Phil Davis derrotou Yoel Romero na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29, 30-26)

Peso meio-médio (até 77kg.): Neiman Gracie derrotou Mark Lemminger por nocaute técnico a 1m27s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): DeAnna Bennett derrotou Alejandra Lara na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso leve (até 70,3kg.): Saul Rogers derrotou Georgi Karakhanyan na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-26)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Ben Parrish derrotou Christian Edwards por nocaute a 38seg. do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado (até 93kg.): Alex Polizzi derrotou Grant Neal na decisão dividida dos juízes dos juízes (29-28, 29-28, 28-29)

Peso médio (até 83,9kg.): Anthony Adams x Khalid Murtazaliev na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Bobby Seronio III derrotou Socrates Hernandez na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-26, 29-26)

Peso casado: Peso casado: Abraham Vaesau derrotou Albert Gonzales por nocaute técnico a 2m16s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Shane Keefe derrotou Rhalan Gracie na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Edwin De Los Santos  derrotou Jon Adams por nocaute técnico a 3m29s do R1

Peso casado: Jesse Delgado derrotou Joshua Dillon na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS