Borrachinha reclama de juízes em luta contra Vettori: ‘Acredito que venci’

Derrotado na decisão unânime, o brasileiro questionou a pontuação dos juízes laterais e o ponto retirado pelo árbitro no segundo round

M. Vettori derrotou P. Borrachinha no UFC Las Vegas 41 (Foto: Reprodução/Instagram)

Derrotado na decisão unânime dos juízes (48-46, 48-46, 48-46) na luta principal do UFC Las Vegas, Paulo Borrachinha não ficou satisfeito com o resultado do duelo contra Marvin Vettori.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na coletiva de imprensa realizada após o evento, Paulo Borrachinha afirmou acreditar ter vencido a luta, questionou as pontuações dos juízes laterais e atitude do árbitro, que tirou um ponto do brasileiro por conta de uma dedada acidental no olho de Vettori ainda no primeiro assalto.

“Eu realmente não entendo por que os juízes viram esse resultado. Eu realmente acredito que venci. Sobre o árbitro, ele é muito bom, mas não entendo por que ele tirou um ponto meu na primeira interrupção. Não foi intencional. Por que ele tirou aquele ponto? Realmente não entendo. Marvin também me acertou uma joelhada baixa. Eu vi que o árbitro pensou em parar, mas eu pedi para continuar. Eu poderia ter feito uma cena para tirarem um ponto dele. Estou desapontado pois acho que venci, mas Marvin fez um trabalho muito bom”, disse Borrachinha.

PUBLICIDADE:

O brasileiro afirmou também que a única sequela aparente que levou do combate foi um inchaço grande no pé, o que ele creditou a quantidade de chutes que acertou no italiano.

“Fisicamente estou bem, só meu pé que está parecendo um balão (risos). Chutei muito o corpo dele, a cabeça, por isso meu pé está assim. Acho que o braço esquerdo e o tronco dele também devem estar machucados”, finalizou.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS