Dana White confirma que Justin Gaethje e Michael Chandler foram ao hospital após ‘guerra’ no UFC 268

Lutadores, que fizeram uma 'guerra' de três rounds, receberam assistência médica depois de duelo no card

D. White em entrevista coletiva pós-UFC 268. Foto: Reprodução/YouTube

A ‘guerra’ entre Justin Gaethje e Michael Chandler, de fato, deixou marcas. Em entrevista coletiva pós-UFC 268, que ocorreu no último sábado (6), o presidente do Ultimate, Dana White, confirmou que os atletas foram ao hospital depois do término do evento para fazerem exames e atestarem que estão bem.

PUBLICIDADE:

“Os dois entraram na ambulância e fossem direto ao hospital para provar que não há nada de errado com nenhum dos dois. Foi uma guerra e amamos luta como essa, não (os lutadores machucados) não é algo que eu goste de ver”, afirmou Dana.

Segundo White, os dois lutadores poderiam ter ido à coletiva de imprensa, mas o ‘chefão’ do Ultimate preferiu por evitar qualquer possível problema. Ele, inclusive, afirma que ainda não tem qualquer atualização médica sobre o assunto.

PUBLICIDADE:

“Ele, provavelmente, poderia ter escrito um cheque (bônus de ‘Luta da Noite’) antes de ambos terem ido ao hospital. Por isso, ainda não temos uma atualização médica sobre os lutadores. Eu não quero que (Michael) Chandler fale com qualquer pessoa da mídia agora”, finalizou o mandatário.

Além de uma ‘guerra’ de três rounds, Gaethje e Chandler também saíram do UFC 268 com o prêmio de ‘Luta da Noite’ e, agora, cada um leva US$ 50 mil (cerca de R$ 277 mil) para casa.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?