Covington garante que vai enfrentar Usman novamente: ‘faria mais cinco rounds agora no estacionamento’

O norte-americano afirmou que acredita ter ganho a luta, mas não se sente orgulhoso de sua performance

K. Usman derrotou C. Colvington no UFC 268. Foto: Reprodução/Twitter @UFC_CA

Na luta principal do UFC 268, realizado no último sábado (6), Kamaru Usman derrotou Colby Covington pela segunda vez e defendeu novamente o cinturão dos meio-médios (até 77 kg) da organização. Assim como no primeiro encontro, os dois protagonizaram uma luta muito equilibrada, que dessa vez terminou com vitória do nigeriano na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 49-46).

PUBLICIDADE:

Veja Também

K. Usman e R. Namajunas UFC 268

Em entrevista coletiva concedida após o evento, Colby Covington discordou da marcação dos juízes laterais, mas negou se sentir orgulhoso de sua performance.

“Definitivamente não estou orgulhoso da minha performance. Eu deveria ter vencido. Sinceramente acho que venci três rounds, mas foi uma luta muito equilibrada. Ele me machucou, eu machuquei ele algumas vezes”, disse Covington.

PUBLICIDADE:

Apesar de ter saído derrotado nas duas vezes em que dividiu o octógono com Kamaru Usman, Colby Covington não está preparado para declarar a rivalidade como encerrada. O norte-americano garantiu que voltará a enfrentar o campeão dos meio-médios no futuro.

“Acho que temos negócios pendentes. Eu faria mais cinco rounds no estacionamento agora. Estou falando sério. Vou vê-lo novamente. Não acabei com ele. Lutarei com quem for preciso para voltar”, prometeu Covington.

PUBLICIDADE:

RESULTADOS DO UFC 268

Data: 06 de novembro de 2021

PUBLICIDADE:

Local: Madison Square Garden, Nova York, Estados Unidos

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Kamaru Usman derrotou Colby Covington na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 49-46)

Peso palha: Rose Namajunas derrotou Weilli Zhang na decisão unânime dos juízes (47-48, 48-47, 49-46)

Peso galo: Marlon Vera derrotou Frankie Edgar por nocaute (chute) aos 3m50s do R3

Peso pena: Shane Burgos derrotou Billy Quarantino na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Justin Gaethje derrotou Michael Chandler na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Alex Poatan derrotou Andreas Michailidis por nocaute técnico (joelhada) aos 0m18s do R2

Peso leve: Bobby Green derrotou Al Iaquinta por nocaute técnico (socos) aos 2m25s do R1

Peso médio: Chris Curtis derrotou Phil Hawes por nocaute (socos) aos 4m27s do R1

Peso médio: Nassourdine Imavov derrotou Edmen Shahbazyan por nocaute técnico (cotoveladas) aos 4m42s do R2

Peso meio-médio: Ian Garry derrotou Jordan Williams por nocaute a 4m59s do R1

Peso pesado: Chris Barnett derrotou Gian Villante por nocaute técnico 2m23s do R2

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby derrotou John Allan na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pena: Melsik Baghdasaryan derrotou Bruno Souza na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Ode Osbourne derrotou CJ Vergara na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS