Atropelo em estreia no Ultimate rende a Poatan mais de R$270 mil em bônus de performance no UFC 268

Depois de dar show e apagar Andreas Michailidis com joelhada voadora, brasileiro deixa Nova York de bolso cheio; Marlon Vera, Bobby Green e Chris Barnett também levam ‘bolada’

A. Poatan (dir.) conecta joelhada que determinou nocaute sobre A. Michailidis. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque brasileiro no UFC 268, realizado neste sábado (6), em Nova York (EUA), Alex Poatan já sente os efeitos de ser representante do Ultimate. Depois de dar show em sua estreia pela organização, ao apagar Andreas Michailidis com uma joelhada voadora, o peso médio (até 83,9kg.) teve seu feito reconhecido e faturou um dos cheques de ‘Performance da Noite’. A vitória trouxe ao atleta mais de R$270 mil.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Havia muita expectativa para o debute de Poatan no Ultimate. Conhecido como o homem que atropelou Israel Adesanya nas regras do kickboxing, o brasileiro espera repetir o sucesso do GLORY dentro do MMA. O primeiro passo foi dado, tendo vencido de forma plástica e agitando o público presente no Madison Square Garden.

Quem também comemora é Marlon Vera. Representante dos galos (até 61,2kg.), o lutador teve triunfo marcante diante do lendário Frankie Edgar. No melhor estilo Anderson Silva e Lyoto Machida, o bônus do combatente chegou após um duro nocaute com um chute certeiro no queixo do veterano.

PUBLICIDADE:

Famoso por seu estilo agressivo dentro do octógono, Bobby Green também tem motivos de sobra para sorrir. O peso leve (até 70,3kg.) foi outro premiado por seu duro massacre contra Al Iaquinta. O triunfo aconteceu logo no primeiro round.

Candidato a xodó dos fãs do UFC, o folclórico Chris Barnett não só venceu a primeira no UFC, como deu show. Representante do peso pesado (até 120,2kg.), o atleta apagou a má impressão do primeiro round contra Gian Villante e fez o público vibrar com um atropelo partindo de um chute rodado fatal. A vitória sobre o rival, inclusive, decretou a aposentadoria da ‘vítima’.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS