Em seu melhor estilo, Poatan apaga rival com joelhada voadora cinematográfica em estreia no UFC 268

Brasileiro supera primeiro round estratégico de Andreas Michailidis e massacra grego nos segundos iniciais da segunda etapa

A. Poatan (dir.) aplica joelhada que decretou nocaute brutal sobre A. Michailidis. Foto: Reprodução/Instagram

Simplesmente brutal. Em uma das estreias mais aguardadas do Ultimate na temporada 2021, Alex Poatan corresponde às expectativas em grande estilo. Na luta contra Andreas Michailidis, pelo UFC 268, neste sábado (6), em Nova York (EUA), o brasileiro mostrou ter se preparado bem para o debute na companhia. Depois de superar um primeiro round estratégico do grego, o paulista encontrou a vitória na segunda etapa com uma joelhada voadora cinematográfica, que apagou o rival.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Candidato a um dos bônus de ‘Performance da Noite’, Poatan fez valer a fama de nocauteador. Ex-duplo campeão mundial no GLORY, o tupiniquim estreia com o pé direito no UFC.

Com o resultado, Alex chegou ao quarto triunfo em cinco apresentações como profissional no MMA. Representante dos médios (até 83,9kg.), o combatente, agora, sonha com um lugar na elite dos médios (até 83,9kg.), atualmente liderada por Israel Adesanya, uma de suas vítimas no kickboxing.

PUBLICIDADE:

Atropelado por Poatan, Andreas não conseguiu chegar ao segundo resultado positivo com as luvas do Ultimate. Agora, o grego tem dois tropeços e uma vitória na companhia.

A luta

O confronto começou com Michailidis tomando a iniciativa com um chute baixo, que passou no vazio e foi imediatamente devolvido pelo brasileiro. Alex tentava encontrar a melhor distância e tentava entrar no raio de ação do rival. Poatan lançou um direto, mas o grego logo foi para as pernas do tupiniquim e levou o atleta ao chão. Alex conseguiu ficar de pé, mas Andreas pressionava Alex contra as grades. Passados dois minutos, o grego buscava as costas e atacava o paulistas com socos no rosto. O brasileiro tentava reagir, mas Michailidis seguia grudado nas costas do brasileiro. Restando dois minutos para o fim da etapa, Alex conseguiu se virar e o duelo passou a ser disputado na isometria. Sem muita ação, o árbitro fez com que os lutadores se separassem. Assim que o duelo retornou, o grego voltou a travar a luta, partindo para o confronto agarrado. O gongo soou com Andreas pressionando o tupiniquim contra as grades.

PUBLICIDADE:

Logo nos segundos iniciais da segunda etapa, o show. Se aproveitando do descuido do grego, que tentou a queda, o brasileiro encaixou uma joelhada voadora fulminante, que fez o rival desabar. Observando a condição de Michailidis, o árbitro interrompeu o confronto.

PUBLICIDADE:

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Peso meio-médio: Kamaru Usman derrotou Colby Covington na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso palha: Rose Namajunas derrotou Weili Zhang na decisão dividida dos juízes (47-48, 48-47 e 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso galo: Marlon Vera derrotou Frankie Edgar por nocaute a 3m50s do R3

Peso pena: Shane Burgos derrotou Billy Quarantino na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Justin Gaethje derrotou Michael Chandler na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Alex Poatan derrotou Andreas Michailidis por nocaute técnico (joelhada) a 18s do R2

Peso leve: Bobby Green derrotou Al Iaquinta por nocaute técnico a 2m25s do R1

Peso médio: Chris Curtis derrotou Phil Hawes por nocaute técnico a 4m27 do R1

Peso médio: Nassourdine Imavovo derrotou Edmen Shahbazyan por nocaute técnico a 4m42s do R2

Peso meio-médio: Ian Garry derrotou Jordan Williams por nocaute a 4m59s do R1

Peso pesado: Chris Barnett derrotou Gian Villante por nocaute técnico a 2m23s do R2

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby derrotou John Allan na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pena: Melsik Baghdasaryan derrotou Bruno Souza na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Ode Osbourne derrotou CJ Vergara na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS