Brasileira Bruna Ellen mostra raça e supera norte-americana por pontos no Bellator 271

Após ficar cerca de dois anos sem atuar, brasileira volta em grande estilo para derrotar Desiree Yanez na última luta do card preliminar

B. Ellen (esq.) supera D. Yanez (dir.) por pontos no Bellator 271. Foto: Reprodução/YouTube

Realizado nesta sexta-feira (12), o card preliminar do Bellator 271 contou com a presença de uma representante tupiniquim. Em luta equilibrada e movimentada, a brasileira Bruna Ellen conseguiu superar a norte-americana Desiree Yanez em seu retorno após quase dois anos de inatividade.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Ellen, agora, se recupera da derrota sofrida contra a campeã Ju Velasquez em dezembro de 2019 e volta a triunfar na organização de Scott Coker. Profissional desde 2015, a campineira tem um cartel de seis resultados positivos e três negativos.

Já Yanez vive momento delicado na companhia, visto que ainda não conseguiu vencer em suas duas lutas. A norte-americana conta com um histórico de cinco triunfos e quatro reveses em sua trajetória nas artes marciais mistas.

PUBLICIDADE:

A luta

No primeiro round, Bruna Ellen se mostrou disposta a se provar logo de início e partiu para cima de Desiree Yanez. A brasileira encontrou a distância e conseguiu ter bons momentos com combinações, intercalando entre jabs e diretos. Por outro lado, a norte-americana tentava surpreender no contragolpe, mas não era efetiva.

Já no segundo assalto, a campineira seguia sendo efetiva. Ainda assim, ela já sentia, em alguns momentos, a dificuldade para impor o mesmo ritmo, devido ao período em que ficou inativa – quase dois anos. Já a norte-americana parecia mais confortável no combate e ainda conseguiu inverter uma queda para cair por cima na reta final.

PUBLICIDADE:

Dispostas a provarem que mereciam sair com a vitória, Ellen e Yanez partiram para o ‘tudo ou nada’. Apesar de já aparentar um certo cansaço, Bruna tentava voltar para uma intensidade semelhante ao do primeiro round. Por isso, Desiree investiu na pegada junto à grade e conseguiu pontuar na posição. No último minuto, as duas lutadoras partiram para a trocação franca.

PUBLICIDADE:

Steve Mowry tem ‘atuação de gala’ e finaliza Rakim Cleveland no primeiro round

S. Mowry finaliza R. Cleveland com uma kimura no Bellator 271. Foto: Reprodução/YouTube

Apontado, por muitos, como uma das grandes promessas dos pesados (até 120,2kg.) do Bellator, Steve Mowry ‘sobrou’ e finalizou Rakim Cleveland com uma kimura no primeiro round.

Invicto em sua trajetória no MMA, Mowry emplacou sua décima vitória – sendo a terceira por kimura.

Cleveland sentiu o ‘sabor amargo’ do 15º revés. Ele também tem 22 triunfos e um empate.

Cody Law não toma conhecimento e atropela Colton Hamm no primeiro round

C. Law derrota C. Hamm com uma cotovelada. Foto: Reprodução/YouTube

Implacável. Na quarta luta da noite, Cody Law teve uma atuação de gala no confronto diante de Colton Hamm, válido pela categoria dos penas (até 65,7kg.). Invicto, o atleta norte-americano não deu chances ao rival e venceu com um nocaute devastador via cotovelada na guarda ainda no primeiro round.

Apontado como um dos grandes nomes em ascensão na divisão, Law segue colecionando vitórias em sua carreira. Agora, ele mantém a invencibilidade em quatro lutas, enquanto Hamm equilibra seu histórico com quatro triunfos e quatro reveses.

Promessa do Bellator, Valerie Loureda tem luta dura e vence Taylor Turner na decisão dividida

V. Loureda tem luta dura e vence T. Turner na decisão dividida. Foto: Reprodução/ YouTube

Apesar de ter começado sua carreira nas artes marciais mistas há pouco tempo, Valerie Loureda conta com grande apelo do Bellator e, no combate contra Taylor Turner, conseguiu suprir as expectativas. A norte-americana teve um duelo equilibrado, mas passou por sua adversária na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27).

Agora, em sua carreira, Loureda volta a triunfar depois de sofrer seu primeiro revés. Profissional desde 2019, a norte-americana conta com um retrospecto de quatro resultados positivos e um negativo. Turner, por sua vez, tem um cartel negativo de cinco vitórias e oito derrotas.

Na abertura do card preliminar, Ethan Hughes ‘sobra’ e nocauteia Mahmoud Sebie

E. Hughes ‘sobra’ e nocauteia M. Sebie. Foto: Reprodução/YouTube

Em combate que abriu o card preliminar do Bellator 271, o peso meio-médio (até 77kg.) Ethan Hughes superou o fato de ser azarão e, com um jogo forte no ground and pound, nocauteou o ex-wrestler olímpico Mahmoud Sebie. A luta acabou com o norte-americano na montada após seguidos socos por cima no terceiro round do duelo.

Com o resultado, Hughes chega em sua terceira vitória na carreira – sendo a segunda por nocaute. Por sua vez, Sebie é derrotado pela primeira vez em sua trajetória nas artes marciais mistas, justamente em seu debute na organização. Ele também tem outros três triunfos.

Resultados do Bellator 271

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7kg.): Cris Cyborg derrotou Sinead Kavanagh por nocaute a 1m32s do R1 – Luta pelo cinturão

Peso pesado (até 120,2kg.): Linton Vassell derrotou Tyrell Fortune na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Aaron Pico derrotou Justin Gonzales na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Arlene Blencowe derrotou Pam Sorenson na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120,2kg.): Steve Mowry finalizou Rakim Cleveland com uma kimura a 3m28s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Bruna Ellen derrotou Derisee Yanez na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-médio (até 77kg.): Roman Faraldo derrotou Robert Turnquest por nocaute a 1m17s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Cody Law derrotou Colton Hamm por nocaute técnico a 4m21s do R1

Peso casado (58kg.): Valerie Loureda derrotou Taylor Turner na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso pesado (até 120,2kg.): Waldo Cortes-Acosta derrotou Muhammed DeReese na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Ethan Hughes derrotou Mahmoud Sebie por nocaute técnico (socos) a 4m5s do R3

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS