Dave Herman terá que passar por teste antidroga para lutar no UFC 162

Peso pesado norte-americano precisa cumprir nova etapa para poder enfrentar Gabriel Napão

Herman (dir.) caiu no antidoping do UFC Rio 3 após ser finalizado por Minotauro (esq.). Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Herman (dir.) caiu no antidoping do UFC Rio 3 após ser finalizado por Minotauro (esq.). Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

O peso pesado Dave Herman está agendado para fazer, no UFC 162, sua primeira luta após cumprir suspensão por doping. O lutador norte-americano foi pego no antidoping do UFC Rio 3, quando ele testou positivo para maconha após ter sido derrotado por Rodrigo Minotauro.

Nesta sexta-feira, a Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC, na sigla em inglês) emitiu uma licença temporária de uma luta para Herman, suficiente para o atleta enfrentar Gabriel Napão no dia 6 de julho. Porém, para esta licença ficar totalmente válida, o peso pesado terá que se submeter a um novo exame antidoping antes do evento. Herman terá que custear este exame e ainda ficará propenso a passar por um teste surpresa executado pela NSAC.

Todo este procedimento faz parte do tratamento antidroga definido pela comissão atlética na ocasião da suspensão do lutador. Herman passou por processo de trinta dias de reabilitação e estava apto a receber uma nova licença desde abril, quando a punição de seis meses expirou. O antidoping do UFC Rio 3 foi a segunda vez que Herman foi pego. Em 2011, ele havia sido flagrado pelo mesmo motivo em exame preliminar do UFC 136. O atleta acabou não podendo enfrentar Mike Russow na ocasião.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments