Técnico de Anderson menospreza moral dada a Weidman

Ramon Lemos brinca que 'toda hora criam um super-herói para enfrentar o Spider'

Ramon Lemos não se preocupa com a moral dada a C. Weidman (dir.) na disputa do cinturão dos médios. Foto: Reprodução/YouTube

Ramon Lemos não se preocupa com a moral dada a C. Weidman (dir.) na disputa do cinturão dos médios. Foto: Reprodução/YouTube

De todos os adversários recentes de Anderson Silva, nenhum recebeu tanta moral como Chris Weidman. Na opinião de diversos lutadores, treinadores e analistas, o norte-americano é o desafiante que mais requer cuidados do campeão dos pesos médios do UFC. Mas para Ramon Lemos, técnico principal do Spider, nada disso o abala.

“Nas últimas lutas com o Chael Sonnen, as pessoas diziam, ‘Meu Deus, ele vai colocar para baixo e fazer isso ou aquilo!’, disse Lemos ao site do canal Combate. “Com o Vitor (Belfort), era, ‘O cara tem uma canhota que é um monstro, vai entrar fulminando!’ O (Yushin) Okami era o japonês mais forte de todos e coisa e tal. Então, toda hora criam um super-herói para enfrentar o Anderson, só que a galera esquece que ele é o Spider!”

Anderson e Weidman se enfrentam neste sábado na luta principal do UFC 162, em Las Vegas. Antes eles terão que subir à balança para a pesagem oficial do evento, nesta sexta. O brasileiro tenta alcançar a décima primeira defesa seguida do cinturão dos médios do UFC. Já o rival busca, além do título, a manutenção de sua invencibilidade no MMA, hoje de nove lutas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments