Cris Cyborg afirma que Amanda Nunes é ‘lutadora de um round’

A atual campeã do Bellator disse que não ficou surpresa com a vitória de Julianna Peña no UFC 269

A. Nunes (esq.) venceu C. Cyborg por nocaute em dezembro de 2018. Foto:Reprodução / Facebook ufc

A surpreendente derrota de Amanda Nunes para Julianna Peña, em luta válida pelo cinturão peso galo (até 61,2 kg), no último sábado (11) continua rendendo assunto. O resultado, considerado por Dana White uma das maiores zebras da história do MMA, no entanto, não surpreendeu Cris Cyborg.

PUBLICIDADE:

Em entrevista ao canal “Combat Sports on Fanatics View’, no Youtube, a atual campeã peso pena (até 65,7 kg) do Bellator garantiu que já esperava que Julianna Peña destronasse a “Leoa” no UFC 269.

“Eu não fiquei surpresa. Apostei em Julianna Peña porque das cinco derrotas de Amanda Nunes, quatro foram para lutadoras com o mesmo estilo que Julianna. Além disso, sabemos que o perigo de Amanda Nunes é no começo da luta, no primeiro round. Se você passar do primeiro round, você pode entrar na luta. Sabíamos disso. Claro, quando você luta contra ela, é fogo contra fogo e acontece o que aconteceu”

PUBLICIDADE:

Cris Cyborg, que foi derrotada por Amanda Nunes em 2018, justamente no primeiro round, disse acreditar que a “Leoa” desistiu da luta quando viu que não conseguiria vencer, mesmo sem uma finalização devidamente encaixada.

“Sabíamos que quando ela passasse do primeiro round e visse que não conseguiria finalizar, ela iria fugir, desistir no chão ou algo do tipo, e foi o que aconteceu contra Julianna Peña. Não acho que Julianna fez qualquer tipo de finalização para acabar com a luta. Senti que Amanda Nunes bateu quando viu que não conseguiria finalizar e que Julianna Peña continuaria andando para frente, mas não tinha uma finalização encaixada”

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC