Weidman analisa desrespeito de Anderson: ‘Eu poderia ter dado tapinhas na cara dele’

Campeão dos médios diz que continuará sendo respeitoso e que pode vencer o brasileiro novamente

A. Silva (esq.) vs C. Weidman (dir.) já é uma das revanches mais aguardadas do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Silva (esq.) vs C. Weidman (dir.) já é uma das revanches mais aguardadas do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

O novo campeão dos médios do UFC Chris Weidman segue com a agenda cheia após conquistar um dos mais incríveis resultados da história do Ultimate. O homem que nocauteou Anderson Silva recebeu o programa Esporte Espetacular em sua casa, da Rede Globo, e falou sobre vários assuntos. O que mais rende polêmica: o desrespeito do brasileiro no octógono.

Weidman disse que sabia que Anderson entraria disposto a desestabilizá-lo psicologicamente, mas afirmou que o agora ex-campeão passou dos limites. O norte-americano disse que também poderia ter tido comportamento semelhante na área em que ele se considera melhor que o Spider, mas que isso não passa por sua cabeça.

“Eu também poderia derrubá-lo e ficar dando tapinhas na cara dele para mostrar o quanto eu sou melhor no chão, mas este não é o meu estilo”, disse Weidman. “Ali o sentimento era de mostrar que ele não deveria fazer aquilo com ninguém. Foi o que eu fiz, o coloquei em seu lugar”.

O dono do cinturão falou também sobre a revanche, marcada para dezembro. Weidman disse que fará tudo de novo, inclusive cumprimentar o adversário (Anderson não retribuiu o cumprimento na primeira luta):

“Muita gente diz que será diferente, que Anderson Silva vai voltar bravo. Eu já mostrei que posso ganhar. Mostrei que um cara quase desconhecido pode vencer o maior da história. Vou fazer tudo como da primeira vez. Continuarei sendo o cara que cumprimenta antes da luta”.

Weidman e Anderson vão se enfrentar na luta principal do UFC 168, no dia 28 de dezembro, em Las Vegas. O evento contará também com outra revanche: a disputa do cinturão feminino entre a campeã Ronda Rousey e a desafiante Miesha Tate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Túlio
Túlio
7 anos atrás

O que ele fez foi conquistar um cinturão de papelão comprado pelo sr. White.