St. Pierre deixa no ar possibilidade de superluta como peso leve

Com um confronto com Anderson Silva prejudicado pela derrota do brasileiro, GSP pode baixar de categoria

St. Pierre (foto) e R. MacDonald têm um plano que será divulgado em breve. Foto: Josh Hedges/UFC

GSP (foto) e R. MacDonald têm um plano que será divulgado em breve. Foto: Josh Hedges/UFC

A derrota de Anderson Silva para Chris Weidman complicou – ao menos adiou – a tão aguardada superluta entre o astro brasileiro e o canadense Georges St. Pierre. Porém, o resultado adverso do Spider não necessariamente significa que o campeão dos meios-médios não possa enfrentar um campeão da categoria de baixo.

Em conversa com o site MMA Fighting, St. Pierre não foi direto, mas disse que tem planos de realizar uma superluta ainda. Como sua categoria está no meio da dos leves e dos médios, a estrela deixou no ar a possibilidade de baixar de categoria.

“Existem coisas que eu quero fazer na minha carreira e ainda não posso contar para vocês agora – assim como Rory. Nós temos planos. Vocês saberão na hora certa. É melhor se eu mantiver isso em segredo. Quando for revelado, vai explodir. Veremos. Estou muito interessado. ‘Superlutas’ não significam que eu tenha que ir… são cerca de sete quilos entre as categorias (dos médios e leves, em relação à meio-médio do canadense). São muitas as opções. Veremos.”

Ao colocar seus planos em conjunto com Rory MacDonald, St. Pierre deixa subentendido ainda que seu companheiro de treino pode ficar com o caminho livre entre os meios-médios, na hipótese de GSP baixar de peso.

Antes de qualquer superluta, Georges St. Pierre precisa defender seu cinturão em novembro, quando enfrentará Johny Hendricks no combate principal do UFC 167, em Las Vegas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments