Jon Jones tem reunião em Hollywood e pode ser mais um do UFC no cinema

Campeão ainda revelou que o astro The Rock é sua inspiração para a nova carreira

J.Jones (foto) pode ser o próximo lutador de MMA a investir na carreira no cinema. Foto: Josh Hedges/UFC

J.Jones (foto) pode ser o próximo lutador de MMA a investir na carreira no cinema. Foto: Josh Hedges/UFC

Depois de Randy Couture, Anderson Silva, Georges St. Pierre e Ronda Rousey, o próximo lutador do UFC a estrear no cinema pode ser o atual número um do ranking peso por peso da organização Jon Jones. O campeão dos meio-pesados confirmou, ao site “MMA Junkie”, que teve algumas reuniões em Hollywood recentemente e que deseja atuar nas telonas em breve.

“Essas reuniões foram ótimas. Eu percebo que eles vêem um pouco de caráter em mim e, com o treinamento certo, eu poderia estar em alguns filmes no futuro. Como artista, acho que atuar é um dos níveis mais altos a que se pode chegar, e, agora, estou me saindo muito bem no meu campo, que é o mundo das artes marciais. Expandir um pouco e ‘molhar meus pés’ (experimentar algo pela primeira vez, em tradução livre) lá e talvez me preparar para uma carreira após esta, acho que é tudo parte do plano”, disse o lutador.

Jones também falou sobre outro atleta, porém do pro-wrestling (mistura de luta e artes cênicas, conhecido como telecatch no Brasil), que serve de inspiração na nova ocupação. “Gostaria de modelar minha carreira de ator em Dwayne Johnson (conhecido como “The Rock”), na forma como ele saiu do WWE e começou com papéis de ‘caras durões’ e aí seguiu a filmes como ‘O Fada do Dente’. Foi aí que se viu que ele realmente podia atuar, e ele é quem admiro e respeito muito”, concluiu.

Antes de pensar em estrear no cinema, ou qualquer outra atividade paralela, Jon Jones tem um compromisso marcado no octógono. No próximo dia 21 de setembro, o campeão dos meio-pesados põe seu cinturão em jogo contra o sueco Alexander Gustafsson.  O confronto é a luta principal do UFC 165, que acontece no Air Canada Centre, em Toronto, no Canadá.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments