IMAGEM FORTE: Lutador fica com braço ‘do avesso’ e grita de dor após sofrer queda em evento polonês

Derrubado por Almerd Odzimkowski, Peter Quinn caiu sobre o braço e sofreu lesão feia no KSW 70

T. Quinn, já com o braço imobilizado, recebe atenção da equipe do KSW após lesão (Foto: Facebook/KSW)

A segunda luta do KSW 70, evento disputado no último sábado (28), em Lodz, na Polônia, terminou com uma cena muito forte que chocou os fãs presentes na Atlas Arena. Tommy Quinn, que enfrentava Albert Odzimkowski, sofreu uma grave lesão no cotovelo, ficou com o braço “do avesso” e gritou de dor após sofrer uma queda.

PUBLICIDADE:

O duelo entre Tommy Quinn e Almerd Odzimkowski se encaminhava para a decisão dos juízes laterais quando, perto da metade do terceiro assalto, Odzimkowski aplicou uma linda queda em Quinn. Assim que o irlandês caiu sobre o braço gritando de dor, o árbitro Lukasz Bosacki interviu imediatamente e interrompeu a luta, decretando vitória do lutador polonês por nocaute técnico.

Esta foi a primeira vez que Tommy Quinn foi derrotado por nocaute na carreira. O irlandês tem um cartel de nove vitórias, seis derrotas e uma luta sem resultado na carreira.

PUBLICIDADE:

Albert Odzimkowski, por sua vez, voltou a vencer após quatro lutas seguidas sem triunfos (três derrotas e uma luta sem resultado). A última vitória do polonês havia ocorrido em junho de 2019. Na carreira, são 12 triunfos, seis reveses e uma luta sem resultado.

Confira o vídeo do momento da lesão sofrida por Tommy Quinn no KSW 70:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276