Aposentada desde 2016, lendária Ronda Rousey revela única luta que promoveria seu retorno ao MMA

Fora do esporte há quase seis anos, ex-campeã do Strikeforce e UFC surpreende ao apontar rival inusitada

R. Rousey está aposentada do MMA desde 2016. Foto: Reprodução/Facebook RondaRousey

Longe do MMA desde a dura derrota para Amanda Nunes em 2016, a lendária Ronda Rousey surpreendeu ao revelar a única luta que a faria retornar ao esporte. Em entrevista ao ‘The Kurt Angle Show’, a antiga campeã do Strikeforce e UFC admitiu que voltaria à ativa diante de uma rival que considera uma referência na modalidade.

PUBLICIDADE:

“Só existe uma pessoa que me faria voltar. Já disse isso algumas vezes, não é uma novidade. A lutadora é Gina Carano”, afirmou a lenda.

Com nome inusitado apontado, Ronda explicou. A ideia partiria não em tom de provocação, ou acerto de contas, mas, sim, de admiração.

PUBLICIDADE:

“É uma situação de respeito, nada como: ‘fod*-se ela’. Eu a amo. Muito obrigada, Gina, por tudo o que você fez”, encerrou Rousey.

Depois da carreira de sucesso nas artes marciais mistas, que rendeu à atleta reinados nos galos pelo Strikeforce e UFC, Ronda decidiu se aventurar no pro wrestling. Hoje, a norte-americana é uma das estrelas do WWE.

Um das responsáveis pela difusão do MMA feminino, Carano teve carreira relativamente curta no esporte. Com oito apresentações na modalidade, a norte-americana acumulou sete triunfos e um revés. A carreira da combatente chegou ao fim após a dura derrota sofrida diante de Cris Cyborg, em disputa do cinturão inaugural do peso pena do Strikeforce, em 2009.

PUBLICIDADE:

Após sua participação nas artes marciais mistas, Gina passou a se dedicar ao cinema. Ao longo dos últimos 10 anos, a ex-lutadora participou de mais de 10 filmes, com destaque para seu papel em ‘Deadpool’, de 2016, como a vilã Angel Dust.

Hoje, Ronda está com 35 anos. Carano, por sua vez, tem 40.

PUBLICIDADE:

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276