Com atuação apagada, Vanessa Melo é derrotada por ucraniana no card preliminar da PFL 6 2022

A brasileira não conseguiu se encontrar no duelo que abriu a noite de lutas e está eliminada do torneio das leves

V. Melo foi derrotad por O. Kolesnyk (Foto: Instagram/@pflmma)

A noite das brasileiras na PFL 6 2022 não começou bem. Na primeira luta do card, válido pelo torneio das leves (até 70,3kg), a tupiniquim Vanessa Mello não conseguiu mostrar as suas habilidades e foi derrotada pela ucraniana Olena Kolesnyk na decisão unânime dos juízes. O espetáculo aconteceu na Overtime Arena, em Atlanta, Georgia (EUA).

PUBLICIDADE:

Com a derrota, Vanessa está eliminada do torneio das leves e agora marca 11 triunfos e nove reveses em sua carreira profissional. Com sua vaga carimbada para as semifinais, a ucraniana Olena Kolesnyk passa a ter o cartel de 7 resultados positivos e quatro negativos no esporte.

Veja Também

A luta

Kolesnyk começou o combate com um chute alto na linha de cintura de Vanessa. A brasileira tentava encurtar para golpear mas a ucraniana usava os chutes para mantê-la afastada. Kolesnkyk tentou outro chute alto, mas Vanessa catou sua perna e a derrubou já partindo para grudar e pegar as costas. A adversária da brasileira resistiu e logo se afastou da posição. As duas lutadoras passaram a trocar alguns golpes no centro do cage, sem muita contundência e agressividade das partes. Melo tentou entrar em queda, mas a ucraniana fez a defesa e num contragolpe incrível de judô, derrubou a brasileira e caiu por cima na meia guarda. A atleta europeia terminou o round por cima da sua rival.

PUBLICIDADE:

A segunda parcial começou com Vanessa dominando o centro do decágono, usando os jabs para tentar acertar a ucraniana. Com envergadura menor do que a da sua rival, a brasileira tinha dificuldades para entrar no raio de ação de Kolesnyk. Vanessa seguiu tentando encurralar a sua rival, mas faltava contundência e acertar mais golpes. A partir da metade do round, Kolesnyk voltou a usar os chutes baixos para manter a brasileira distante. Olena acertava bons contragolpes e mesmo com um jogo mais reativo, ainda conseguia atacar Vanessa.

No terceiro round, Vanessa seguia com dificuldades de entrar no raio de ação da ucraniana, que era certeira nos contragolpes, toda vez que a brasileira se aproximava. Vanessa grudou em Kolesnyk e pressionou sua rival contra a grade, tentando a queda. A ucraniana se mostrou mais forte e logo afastou a brasileira, com direito a uma joelhada no clinch. Vanessa acertou um cruzado na sua adversária, mas, recebeu um cruzado e um chute alto como resposta. Olena tentou um golpe giratório, mas passou no vazio. O round terminou com uma tentativa de queda da ucraniana.

Martina Jindrová nocauteia cazaque no primeiro round e se classifica para as semifinais do torneio das leves

M. Jindrová x Z. Fayzallanova (Foto: Instagram/@pflmma)

PUBLICIDADE:

Atropelo. Foi a real definição do duelo entre Martina Jindrová e Zamzagul Fayzallanova na segunda luta do card da PFL 6 2022. A lutadora da República Tcheca não deu chances a sua rival e pressionou desde o primeiro minuto com uma trocação afiada e contundente para cima da lutadora cazaque. Mesmo com certa demora, o árbitro interrompeu o combate no fim do primeiro round após uma chuva de golpes aplicados por Martina.

Jindrová emenda a sua terceira vitória consecutiva na carreira e agora marca cinco triunfos e dois reveses no esporte. A lutadora da República Tcheca também garantiu sua vaga nas semifinais do torneio das leves (até 70,3kg). Por outro lado, Fayzallanova sofre a sua segunda derrota consecutiva e passa a ostentar o cartel de sete resultados positivos e três negativos no esporte.

PUBLICIDADE:

Marina Mokhnatkina bate Abby Montes por pontos após ‘guerra’

M. Mokhnatkina x A. Montes (Foto: Instagram/@pflmma)

Se Marina Mokhnatkina e Abigail Montes não conseguiram se classificar para as semifinais do torneio das leves, pelo menos, as duas lutadoras se despediram da temporada entregando uma verdadeira ‘guerra’ aos fãs de MMA. Após 15 minutos de trocação intensa, a russa saiu vitoriosa na decisão unânime dos juízes.

Mesmo eliminada, Marina comemora a retomada do caminho das vitórias e agora possui um cartel de seis triunfos e três reveses. Já Abigail Montes, sofreu sua segunda derrota seguida na organização e agora marca 3 triunfos e dois reveses no esporte.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59