De olho no confronto entre Do Bronx e Makhachev, Volkanovski admite chance de ser reserva na disputa de cinturão

Campeão dos penas não descarta presença no UFC 280 para assumir luta em caso de possível desfalque; australiano, porém, se recupera de lesão

A. Volkanovski (centro) pode ser reserva no UFC 280. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Com o sonho de se tornar um novo duplo campeão do Ultimate, Alexander Volkanovski sonha alto e está de olho na disputa de cinturão dos leves (até 70,3kg.) entre Charles do Bronx e Islam Makhachev. Absoluto nos penas (até 65,7kg.), o australiano manifestou interesse em assumir a condição de reserva no UFC 280 para assumir o protagonismo do show, caso haja lesão por parte do brasileiro ou do russo.

PUBLICIDADE:

“Se eu estiver em forma, me apresentaria para o caso de alguém se lesionar, o que eu acredito que acontecerá? Me oferecer para que ninguém tire essa oportunidade de mim? Se for possível, eu posso fazer aquela viagem para Abu Dhabi”, admitiu Volkanovski em entrevista ao ‘The Telegraph’.

Veja Também

Campeão dos penas desde 2019, Alexander tem brilhado em suas últimas apresentações e consolidando cada vez mais seu legado na categoria. Após seu último triunfo, no início de julho, quando passou pela terceira vez por Max Holloway, o australiano afirmou que seu plano para o futuro seria conquistar o título nos leves.

PUBLICIDADE:

No UFC 280, os fãs de MMA acompanharão o embate entre Charles do Bronx e Islam Makhachev. A estrela brasileira tenta retomar o trono perdido de forma polêmica em maio, e encara aquele que, para muitos, é considerado o sucessor de Khabib Nurmagomedov.

Para se credenciar como reserva no evento de 22 de outubro, Volkanovski deverá estar livre de uma lesão acometida durante a trilogia com Holloway. No momento, o atleta se recupera da contusão e ainda não sabe quando terá plenas condições de competir em alto nível.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC