Perto de revanche, Benavidez diz ter aprendido com primeira luta contra Johnson

Contudo, desafiante do cinturão dos moscas afirmou ter assistido ao primeiro combate entre os dois somente uma vez

Benavidez terá nova chance de disputar o cinturão dos moscas. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Benavidez terá nova chance de disputar o cinturão dos moscas. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Joseph Benavidez está confiante de que sua segunda luta contra Demetrious Johnson pelo cinturão dos moscas do UFC terá um resultado diferente em relação ao primeiro encontro.

No UFC 152, Benavidez foi derrotado pelo rival na decisão dividida dos juízes, fazendo com que Johnson se tornasse o primeiro campeão da categoria na história do evento. Próximo da revanche, agendada para o dia 14 de dezembro no UFC on Fox 9, o lutador do Team Alpha Male disse ter aprendido com o combate anterior, embora tenha assistido à luta somente uma vez.

“Eu sei o que ele faz bem com base em suas outras lutas, mas eu tenho que esquecer disso. Eu sei que eu não lutei o meu melhor, então nem olharei para aquela luta. Eu vi uma vez e já peguei a essência do que aconteceu”, comentou Benavidez, em entrevista ao site norte-americano Sherdog. “Eu assisti à luta apenas uma vez e segui em frente. Não é algo que eu queria fazer. Nesse esporte, é preciso ter uma memória curta. Eu não posso ficar remoendo as coisas.”

Originalmente, a luta estava programada para acontecer no dia 30 de novembro, como o main event do TUF 18 Finale. No entanto, o combate principal do UFC on Fox 9, entre Anthony Pettis e Josh Thomson, teve de ser cancelado por conta de uma lesão do campeão dos leves, o que fez com que a disputa de cinturão entre os moscas virasse a maior atração do evento de dezembro.

Benavidez acredita que o adiamento lhe foi benéfico, já que deu um tempo extra para uma preparação mais adequada. “Acho que [o adiamento da luta] me beneficiou. Eu pude ficar mais bem preparado nessas duas semanas. Mesmo que o tempo inteiro eu estivesse preparado para lutar no dia 30 de novembro, eu nunca imaginaria que eu ficaria tão feliz em ter uma luta adiada em duas semanas”, afirmou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments