Bisping aceita desafio de Tim Kennedy: ‘Quero muito socá-lo na cara’

Lutador inglês não gostou de ser provocado pelo norte-americano e admite que este pode ser o seu próximo combate

Michael_Bisping

Michael Bisping não gostou dos recentes desafios feitos por Tim Kennedy e afirmou que o norte-americano é o adversário mais provável para seu retorno ao UFC.

O inglês está afastado das competições por conta de um descolamento de retina que sofreu pouco antes de enfrentar Mark Muñoz em outubro. Porém, ele já mostrou desejo em voltar a lutar no início do próximo ano, já que sua meta principal é conquistar o título dos médios em 2014.

“Em um mundo ideal, eu quero uma luta que me deixe mais perto de uma disputa de cinturão. Esse ainda é o meu sonho e é isso que eu quero perseguir. A categoria dos médios está bem cheia, com [Ronaldo] Jacaré, Lyoto [Machida], Luke Rockhold, entre outros. Mas Tim Kennedy está fazendo um bom trabalho para levar socos na cara se ele continuar, então provavelmente eu lutarei com ele”, afirmou o lutador inglês, em uma sessão de perguntas e respostas feitas com fãs. “Eu quero muito, muito socá-lo na cara e ser pago por isso. Se ele estivesse no mesmo ambiente que eu, eu acho que não conseguiria me conter.”

Bisping disse que inicialmente evitou responder aos desafios de Kennedy. “Ele fez algumas lutas no UFC contra nômades e sequer teve boas atuações. Ele está me desafiando há anos, e, no começo, eu não queria responder para não dar o que ele queria. Ele está tentando criar um burburinho em si mesmo. Mas ele tem feito isso tanto que me deixou sem alternativa”, criticou o inglês.

Em 2013, Bisping fez duas lutas no UFC: perdeu para Vitor Belfort, em São Paulo, e venceu Alan Belcher, em Nova Jersey.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments