‘Tenho tudo a perder nesta luta’, diz Weidman sobre revanche contra Spider

Norte-americano reconheceu que precisa de uma nova vitória convincente no UFC 168

C. Weidman (foto) reencontra o Spider no dia 28 de dezembro. Foto: Josh Hedges/UFC

C. Weidman (foto) reencontra o Spider no dia 28 de dezembro. Foto: Josh Hedges/UFC

No último dia dia 6 de julho, Chris Weidman nocauteou Anderson Silva e conquistou o cinturão dos pesos médios do Ultimate. Em qualquer situação, tal feito seria o suficiente para deixar o novo campeão em uma posição confortável, mas o adversário do norte-americano era o maior atleta peso por peso do MMA na ocasião e o campeão mais longevo da história do UFC. Por tudo isso, em conferência com a imprensa por telefone, Weidman reconheceu que ainda se sente pressionado para a revanche do dia 28 de dezembro.

“Eu ainda sinto que tenho tudo a perder nesta luta. Como eu disse antes, eu preciso vencer essa luta para me consolidar como campeão e para alcançar os meus outros objetivos a longo prazo. Eu me pressiono muito. Esta é a mesma mentalidade da última luta”, disse o atual campeão.

Apesar da pressão, Weidman afirmou que o favoritismo do rival é justificável. “Eu estou lutando contra Anderson Silva. Eu não era favorito da última vez e não espero ser desta vez. Ele está neste esporte há muito tempo, ele teve suas vitórias e fez muito pelo UFC e as artes marciais mistas. Ele merece ser o favorito”, ressaltou.

Por fim, perguntado se uma nova atitude provocadora do Spider, tal qual ocorreu no primeiro duelo entre eles, seria um incômodo, o norte-americano se disse tranquilo e preparado para qualquer situação. “Eu não estou preocupado com isso. Eu espero qualquer coisa. Ele abaixar a guarda ou parar com as mãos na cintura. Eu não sei. Eu realmente não me importo com o que ele estará fazendo. Estejam suas mãos pra baixo ou pra cima, isso é problema dele. De qualquer forma, isso não me importa”, concluiu.

No dia 28 de dezembro, o MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA), será o palco da revanche mais aguardada da história do Ultimate. Na luta principal do UFC 168, o ex-campeão Anderson Silva encara o atual detentor do título dos médios Chris Weidman. Na combate co-principal do evento, as treinadoras do TUF 18 Misha Tate e Ronda Rousey trazem toda a tensão acumulada durante o reality show para o octógono e se enfrentam em luta válida pelo cinturão da categoria peso galo feminina.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments