Arivaldo Carniça é anulado por Brian Moore e perde por pontos no card preliminar do Bellator 285

O brasileiro foi frustrado em suas tentativas de queda e não conseguiu se impor diante do lutador galês que venceu com tranquilidade na decisão dos juízes

A. Carniça (dir) não conseguiu se impor diante de B. Moore (Foto: Reprodução/Youtube)

Primeiro brasileiro a pisar no cage circular da 3Arena, em Dublin, Irlanda, Arivaldo Carniça não teve uma boa atuação na tarde dessa sexta (23). Diante do galês Brian Moore, o atleta tupiniquim foi frustrado na maioria das suas tentativas de queda e foi dominado pelo seu rival na trocação e também quando tentou grudá-lo a grade.

Brian Moore se recupera da sequência negativa de duas derrotas e agora volta a respirar na organização. O lutador galês possui um cartel no esporte de 15 triunfos e nove reveses. Natural de Salvador, Arivaldo estreia com o ‘pé esquerdo’ na empresa presidida por Scott Cooker e agora marca 19 resultados positivos e 11 negativos como profissional de MMA.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Bellator 300

A LUTA

Moore começou aplicando um jab em Arivaldo, que após tentar responder com um chute, aplicou um chute baixo no seu rival. O árbitro interrompeu o duelo por alguns segundos e o brasileiro tentou explodir assim que o duelo retomou, mas foi travado. Arivaldo foi para as pernas do seu rival e tentou aplicar a queda, Moore conseguiu se manter de pé mas ficou preso à grade. O rival do brasileiro conseguiu a transição, assumiu o controle da posição e passou a travar o atleta tupiniquim nas grades. De volta ao centro do cage, Arivaldo seguia tentando explodir mas era sempre recebido com contragolpes certeiros. Moore tomava o controle das ações e conseguia acertar boas combinações no brasileiro. Tentando golpear com mais potência, Arivaldo sentia dificuldades em acertar o seu rival.

PUBLICIDADE:

No início da segunda parcial, Moore tentou encurtar e Arivaldo logo entrou nas suas pernas. Porém, o brasileiro não teve sucesso e o lutador galês conseguiu travá-lo sem chegar a ser ameaçado. Arivaldo insistia na queda, mas o seu rival se mostrava bem preparado e com boa defesa. Mantendo a luta em pé, Brian levava bastante perigo ao atleta tupiniquim com uppers e jabs que entravam com facilidade. Os contragolpes do adversário de Arivaldo também aconteciam com alto índice de acertos. Nos segundos finais, Arivaldo grudou Moore na grade, porém, sem conseguir nenhum golpe efetivo.

A terceira parcial começou com Arivaldo buscando encurtar a distância e golpear, mas com Moore seguindo certeiro nos contragolpes. O brasileiro tentou mais uma queda e falhou novamente. Ciente de sua vantagem, Moore passou a lutar de forma mais reativa, porém, ainda anulando todas as tentativas de queda e revertendo o controle da posição quando o brasileiro grudava. Arivaldo seguia tentando explodir para cima de Moore e o seu rival permanecia atento e não dava brechas para o atleta tupiniquim. O gongo soou decretando o fim do combate.

PUBLICIDADE:

Brett Johns controla Jordan Winski e vence por pontos

B. Johns faz pose após pesagem do Bellator 285 (Foto: Twitter/@bellatormma)

O duelo entre Brett Johns e Jordan Winski não foi dos mais animados, porém, o atleta galês conseguiu vencer de forma tranquila. Abusando de sua luta agarrada, o peso galo (até 61,2kg) dominou o seu rival completamente e saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes.

Johns emenda sua segunda vitória consecutiva e agora marca 19 triunfos e três reveses como profissional. Jordan Winski segue com sua irregularidade de resultados e passa a ostentar um retrospecto de 12 resultados positivos e quatro negativos.

PUBLICIDADE:

A queda do Rei! Israel Adesanya está com os dias contados no UFC

Leia Mais sobre: , , , ,


Resultados do UFC Arábia Saudita Resultados do UFC Las Vegas 93 Resultados do UFC Louisville Resultados do UFC 302 Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92