Johnny Eblen faz luta segura e defende cinturão dos médios contra Anatoly Tokov no Bellator 290

Campeão controla pupilo de Fedor Emelianenko e mantém invencibilidade na carreira

Johnny Eblen é o atual campeão dos médios do Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Só deu ele. Campeão dos médios (até 83,9kg.) desde a temporada passada, Johnny Eblen teve performance segura no Bellator 290, realizado neste sábado (4), em Inglewood (EUA). Em sua primeira defesa de título, o norte-americano controlou Anatoly Tokov e, abusando das quedas, levou o resultado positivo na decisão unânime dos juízes.

Vitorioso na luta co-principal, Eblen tem motivos de sobra para celebrar. Além de se manter no trono da divisão, o atleta segue invicto como profissional no MMA, atingindo a marca de 13 resultados positivos em sequência.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Disposto a ‘estragar a festa’ de Johnny, Tokov teve performance apagada. O lutador, que assumiu a condição de desafiante após sete vitórias consecutivas, acabou perdendo o primeiro compromisso com as luvas da companhia.

Campeão soberano

O confronto começou com Eblen tomando a iniciativa com um chute baixo. Ainda no primeiro minuto, os lutadores trocaram socos no centro do cage e agitaram o público. Quase na metade do round, Tokov indicou acusar um golpe na linha de cintura. O russo, no entanto, se recuperou e tentou uma queda na sequência. Perto do minuto final, os lutadores passaram a medir forças no clinch, próximos às grades. Eblen pressionava o adversário, que tentava se desvencilhar. A etapa acabou com os atletas se estudando no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

No segundo round, os combatentes se atacaram de forma simultânea; Johnny com um chute e Anatoly com um cruzado. Tokov continuava buscando surpreender o campeão e encurtava a distância, lançando diretos e cruzados. Passados dois minutos, Johnny atingiu o rival com um cruzado limpo, mas Tokov surpreendia com o poder de absorção de ataques. Quase no minuto final, Anatoly balançou Johnny com um direto. O campeão seguia caminhando na direção do oponente, mas dava sinais de ter sentido a ação. Mesmo com o susto, Eblen conseguiu surpreender e derrubou o oponente com um ataque certeiro, mas não havia mais tempo.

O terceiro round começou equilibrado, mas, logo nos minuto inicial, Eblen encurtou e partiu para a luta agarrada. O campeão pressionava o adversário contra as grades e buscava a queda. Após o susto no assalto anterior, Johnny passou a atuar de forma estratégica e dominava com quedas. Tokov conseguiu se desvencilhar, mas recebeu um direto de encontro. No minuto final, Eblen voltou encaixar um direto no rosto de Anatoly, mas o russo continuava impressionando com a capacidade de resistir ao campeão. O embate acabou com os atletas economizando no gás.

PUBLICIDADE:

Logo no começo do quarto round, os atletas foram para o ‘tudo ou nada’. Eblen foi superior e conseguiu derrubar o adversário. Johnny seguia estratégico e conseguiu chegar às costas. O campeão ensaiava uma finalização, enquanto o russo se protegia. Na metade da etapa, Eblen conseguiu derrubar novamente e controlava as ações. No minuto final, o campeão passou a agredir no ground and pund, enquanto Tokov tentava ‘escapulir’. A etapa acabou com o campeão pressionando o oponente próximo às grades.

No último round, o russo lançou o primeiro ataque, com um direto. Eblen economizava nos golpes e administrava o resultado. Com um minuto decorrido, Johnny encaixou um overhand limpo no rosto do russo, que não se abalou. No decorrer do confronto, Eblen controlava e conseguiu levar o embate para o chão. Tokov dava sinais de cansaço e o campeão se aproveitava da situação. Nos segundos finais, Anatoly conseguiu ficar de pé, mas foi novamente derrubado com facilidade, até que cronômetro zerou.

Neiman Gracie se recupera de série negativa

N. Gracie é destaque brasileiro nos meio-médios do Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Promessa brasileira nos meio-médios (até 77,1kg.), Neiman Gracie não finalizou, mas venceu com segurança. Adversário de Dante Schiro no card preliminar, o atleta não teve problemas e triunfou com propriedade. Ao fim de três rounds, o atleta superou o rival na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Gracie encerra uma série de duas derrotas. O último triunfo do lutador havia acontecido em setembro de 2021.

Superado nos pontos, Schiro se complicou na empresa. O revés faz com que o atleta atinja a marca de três resultados negativos em quatro compromissos.

Destaque é surrado por rival fora do ranking

Brennan Ward derrotou Sabah Homasi no Bellator 290. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Atual número oito no ranking dos meio-médios (até 77,1kg.), Sabah Homasi foi surpreendido na luta que abriu o card principal. Diante de Brennan Ward, atleta fora do ranking, o lutador teve um bom início de confronto, mas acabou sucumbindo à agressividade do oponente. Vítima de combinações fatais do rival, o combatente foi superado por nocaute técnico após massacre épico.

Com o resultado, Ward passa a sonhar com uma futura disputa de cinturão. O atleta também atinge a marca de três vitórias seguidas.

Surpreendido no evento, Homasi tem o que lamentar. O lutador teve encerrada uma sequência de dois triunfos. O atleta também deve perder o lugar de destaque na categoria liderada por Yaroslav Amosov (campeão linear) e Logan Storley (campeão interino).

Russo perde a primeira no MMA com nocaute brutal

Lorenz Larkin derrotou Mukhamed Berkhamov no Bellator 290. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Promessa de 29 anos do Bellator, Mukhamed Berkhamov conheceu a primeira derrota no MMA de forma brutal. Em confronto nos meio-médios (até 77,1kg.), o russo não conseguiu impor sua estratégia contra Lorenz Larkin e acabou ‘apagado’ após receber uma cotovelada limpa na têmpora. Após a ação, o atleta foi a nocaute imediato com pouco mais de um minuto de embate.

Com o resultado, Berkhamov amarga seu primeiro revés. Antes do Bellator 290, o russo acumulava 14 triunfos consecutivos.

Protagonista do ‘nocaute do espetáculo’, Lorenz tem motivos para celebrar. Agora, o meio-médio defende uma série invicta de oito triunfos seguidos.

Veterano tira invencibilidade de promessa

Henry Corrales derrotou Akhmed Magomedov no Bellator 290. Foto: Reprodução/Instagram

Veterano do MMA, Henry Corales provou que a experiência pode superar promessas. Em luta disputada no peso pena (até 65,7kg.), o norte-americano protagonizou uma reviravolta no cage circular. Após perder o primeiro round contra Akhmed Magomedov, o lutador se recuperou, vencendo os assaltos seguintes e vencendo na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Corales chegou ao seu 21º resultado positivo na carreira. No Bellator, o atleta atingiu a marca de três triunfos seguidos.

Promessa da organização, Magomedov, de 26 anos, amargou o primeiro revés na carreira. O atleta, agora, tem um tropeço em 10 desafios.

Duelo de invictos termina em empate

Ali Isaev e Steve Mowry empataram no Bellator 290. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Um resultado inusitado marcou o confronto entre invictos no card preliminar. Atletas dos pesados (até 120,2kg.), Ali Isaev e Steve Mowry tiveram confronto equilibrado. Ao fim de três rounds, os juízes laterais decidiram, por unanimidade, decretar o empate entre os confrontos.

Promessa da categoria liderada por Ryan Bader, Ali segue com nove resultados positivos. Agora, o lutador tem 10 apresentações no MMA.

Em seu 11º desafio na modalidade, Mowry não conseguiu somar novo triunfo.

Peso leve atropela e se recupera na divisão

Chris Gonzalez derrotou Max Rohskopf no Bellator 290. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Vítima do campeão dos leves (até 70,3kg.) Usman Nurmagomedov em seu último compromisso, Chris Gonzalez se recuperou em grande estilo. Adversário de Max Rohskopf, o atleta conseguiu superar a estratégia de luta agarrada do oponente e protagonizou o primeiro nocaute do evento. Afiado, o combatente levou o rival a nocaute na segunda etapa, com uma combinação severa de socos.

Com a vitória, Gonzalez volta a sonhar com estabilidade na companhia. Caso fosse superado, o lutador atingiria a marca de três reveses nos últimos cinco compromissos.

Antigo representante do UFC, Rohskopf não teve a estreia que esperava. O atleta debuta na empresa com um duro resultado negativo, marcando o terceiro tropeço em 10 embates no MMA.

Aposta do Bellator vence mais uma

Grant Neal derrotou Karl Albrektsson no Bellator 290. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Promessa de 27 anos na divisão dos meio-pesados (até 93kg.), Grant Neal passou por mais um desafio na organização. Aposta na divisão liderada por Vadim Nemkov, o combatente teve confronto equilibrado com Karl Albrektsson, mas convenceu a maioria dos juízes. Ao fim de três rounds, o lutador foi declarado vencedor na decisão dividida.

Com a vitória, Neal amplia o bom momento. Agora, o atleta soma sete vitórias em oito desafios na organização.

Parado por Grant, Karl teve o sinal de alerta ligado. Com o tropeço, o atleta sofreu o segundo revés seguido.

Ex-desafiante a título perde quarta seguida

Diana Avsaragova derrotou Alejandra Lara no Bellator 290. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Desafiante ao cinturão dos moscas (até 56,7kg.) em 2018, Alejandra Lara segue com dificuldades de se reencontrar na organização. No fim de semana, a atleta encontrou dificuldades no embate com a invicta Diana Avsaragova. Ao longo de 15 minutos, a colombiana alternou bons e maus momentos, mas acabou superada na decisão dividida dos juízes.

Com a derrota, Lara segue pressionada na empresa. A atleta, agora, acumula quatro derrotas seguidas.

Promessa da organização, Diana Avsaragova tem motivos de sobra para comemorar. A lutadora de 24 anos chega ao sexto resultado positivo em sequência e segue sem amargar um revés como profissional no MMA.

Nikita Mikhailov bate Darrion Caldwell e complica rival

Nikita Mikhailov bateu Darrion Caldwell no Bellator 290. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

O confronto truncado marcou a luta de abertura do Bellator 290. Em disputa no peso galo (até 61,2kg.), Nikita Mikhailov teve embate equilibrado contra Darrion Caldwell. Ao fim de três rounds, o russo foi declarado vencedor na decisão unânime.

Com o resultado, Mikhailov se recupera na organização. Depois de perder a primeira em compromisso na temporada passada, o combatente volta ao caminho das vitórias e, agora, soma três triunfos em quatro desafios na empresa.

Superado mais uma vez no cage circular, Caldwell se complicou de vez. O tropeço diante de Nikita representa o quarto revés consecutivo do lutador.

Estatísticas do Bellator 290

Resultados do Bellator 290

CARD PRINCIPAL 

Peso pesado (até 120,2kg.): Ryan Bader derrotou Fedor Emelianenko por nocaute técnico 2m30s do R1 – Luta pelo cinturão

Peso médio (até 83,9kg.): Johnny Eblen derrotou Anatoly Tokov na decisão unânime dos juízes (50-45, 49-46, 49-36) – Luta pelo cinturão

Peso meio-médio: Brennan Ward derrotou Sabah Homasi por nocaute técnico a 1m34s do R2

CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília)

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Yusuf Karakaya derrotou Ethan Hughes na decisão dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Jaylon Bates derrotou Jornel Lugo na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Isaiah Hokit derrotou Peter Ishiguro na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Neiman Gracie derrotou Dante Schiro na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Lorenz Larkin derrotou Mukhamed Berkhamov por nocaute (cotovelada) a 1min41s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Henry Corrales derrotou Akhmed Magomedov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Ali Isaev e Steve Mowry empataram na decisão unânime dos juízes (28-28, 28-28, 28-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Chris Gonzales derrotou Max Rohskopf por nocaute técnico (socos) a 1min22s do R2

Peso meio-pesado (até 93kg.): Grant Neal derrotou Karl Albrektsson na decisão dividida dos juízes (28-29, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Diana Avsaragova derrotou Alejandra Lara na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Nikita Mikhailov derrotou Darrion Caldwell na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88