Randy Couture acusa presidente do UFC de demitir seu filho por vingança | SUPER LUTAS

Randy Couture acusa presidente do UFC de demitir seu filho por vingança

Filho do ex-campeão, Ryan Couture foi mandado embora da organização após duas derrotas sofridas

Filho de Randy (esq.), Ryan (dir.) fez apenas duas lutas no UFC. Foto: Divulgação/XTreme Couture

Filho de Randy (esq.), Ryan (dir.) fez apenas duas lutas no UFC. Foto: Divulgação/XTreme Couture

Randy Couture, membro do hall da fama do UFC e ex-campeão dos pesados e meio-pesados da organização, acusou o presidente Dana White de ter demitido seu filho, Ryan, por motivos de vingança.

Mesmo com seu passado glorioso dentro do octógono, Randy já teve diversas desavenças com Dana White. Em 2008, “The Natural” abriu mão do cinturão do UFC a fim de buscar uma luta contra Fedor Emelianenko, considerado na época como o lutador número um dos pesados. A situação foi levada à justiça até que Couture decidiu retornar ao UFC. Anos depois, já aposentado, Couture assinou com a emissora “Spike TV” para promover o reality show do Bellator, organização que talvez seja a maior ameaça ao UFC dentro dos Estados Unidos. White, naturalmente, não gostou.

Filho de Randy, Ryan Couture chegou ao UFC em 2013, após a compra do Strikeforce, evento no qual atuava. Porém, após duas derrotas consecutivas, para Ross Pearson (nocaute técnico) e Al Iaquinta (decisão), o norte-americano acabou dispensado. Randy Couture afirmou, em entrevista ao podcast “Submission Radio”, que não achou correta a forma com a qual o UFC abordou a situação de seu filho.

“Não acho que ele teve um tratamento justo. Não acho que um lutador com 7-0 deveria enfrentar Ross Pearson, que tem mais de 30 lutas de MMA. Não foi um casamento justo em termos de experiência. Ryan provou que, técnica e taticamente, ele era capaz de vencer a luta. Ele venceu o primeiro round, mas Ross é um lutador muito, muito experiente”, avaliou. “Acho que, depois da luta com Pearson, sua confiança tinha ido para o ralo. Em sua segunda luta [no UFC], ele era mais do que capaz de vencer, mas foi duro para ele a recuperação após a luta com Pearson.”

Segundo Couture, White também atrapalhou seu trabalho com o filho. “Acho que Dana estava tentando se vingar de mim pelo fato de eu ter assinado um acordo com a Spike TV e tentou me transformar em vilão, não permitindo que eu ficasse no córner do meu filho. Não pude ficar ao lado do meu filho quando ele fez a maior luta da sua vida”, lembrou.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments