Após provocação aos irmãos Diaz no Twitter, Thomson diz que foi hackeado

Ex-campeão do Strikeforce afirmou que teve seu telefone roubado e diz que respeita Nate e Nick

J. Thomson (foto) sofreu sua primeira derrota no UFC em janeiro. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Thomson (foto) derrotou Diaz em 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

Mais uma vez as redes sociais causam polêmica na vida de lutadores do UFC. Semanas após o suposto episódio de homofobia envolvendo Jon Jones, desta vez foi Josh Thomson, atleta da categoria dos leves, que se envolveu em uma situação controversa no Twitter.

A conta oficial do lutador publicou uma mensagem ofensiva contra os irmãos Nick e Nate Diaz, na qual havia um desafio para o primeiro. “Eu nocauteei seu irmão e vou te nocautear em San José, no dia 26 de julho. Vamos fazer isso, sua p***. Vá se f****, Nick Diaz!”, dizia a mensagem.

No dia seguinte, Thomson apagou a mensagem e afirmou que sua conta foi invadida.

“As pessoas que me conhecem sabem que eu jamais falaria sobre um lutador desse jeito. Meu telefone foi roubado na última noite enquanto eu estava jantando.”


“Eu respeito todos os lutadores, especialmente os irmãos Diaz. Nate e Nick sempre foram legais comigo e não tenho nada para dizer de ruim sobre eles.”

“Minhas desculpas a quem se ofendeu com os tweets e os textos.”

Nate Diaz não acreditou na versão de Thomson e aproveitou a situação para alfinetar seu antigo algoz.

“Você ficou bêbado, falou um monte de m**** e, quando acordou, entrou em pânico.”

Nate Diaz e Josh Thomson se enfrentaram no dia 20 de abril do ano passado. Fazendo sua estreia no UFC, Thomson conseguiu um impressionante nocaute técnico no segundo round.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments