Sanchez espera derrotar Pearson e desafiar o ‘bebê chorão’ Nate Diaz no México

Campeão da primeira temporada do TUF diz que combates em Albuquerque e na Cidade do México seriam a realização de um sonho

D. Sanchez (dir.) tenta conectar um soco em M. Jury (esq.) no UFC 171. Foto: Josh Hedges/UFC

D. Sanchez (dir.) tenta conectar um soco em M. Jury (esq.) no UFC 171. Foto: Josh Hedges/UFC

Diego Sanchez terá pela frente Ross Pearson no UFC Fight Night 42, que será realizado neste sábado (7), na cidade de Albuquerque, no Novo México (EUA). Porém, o campeão da primeira temporada do TUF pensa adiante e já sabe qual será a luta que gostaria de fazer a seguir.

Em sua cidade natal, o lutador espera vencer Pearson de maneira clara para, enfim, poder desafiar Nate Diaz em um combate no evento que será realizado na Cidade do México, em novembro. Caso isso de fato aconteça, Sanchez poderá realizar seus dois sonhos.

“Isso é mais importante para mim do que se fosse uma luta pelo título. É o meu sonho. É a última vez que poderei lutar diante das minhas centenas de amigos, familiares. É a primeira vez que UFC vem a Albuquerque e é uma noite muito importante”, afirmou Sanchez, em entrevista coletiva divulgada pelo site norte-americano MMA Fighting. “Meu primeiro sonho é lutar no Novo México, em Albuquerque, minha cidade natal. Meu segundo sonho é lutar na Cidade do México. Uma vitória grande aqui me colocará neste evento do México”, confia.

Segundo Sanchez, o combate contra Diaz é algo que ele almeja há um bom tempo. “Quero uma vitória grande aqui para poder desafiar Nate Diaz para uma luta no México. Essa é a luta que eu quero. Eu venho querendo enfrentá-lo já faz um longo tempo. Ele é um bebê chorão, só sabe reclamar. É um ingrato. Eu quero dar-lhe uma pequena lição de humildade. Vamos conversar com o UFC depois dessa luta”, declarou.

Em sua terceira luta no UFC, em 2005, Sanchez teve a oportunidade de enfrentar o irmão mais velho de Nate Diaz, Nick. Em uma luta movimentada, o campeão do TUF levou a melhor na decisão dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário