‘Perdi para mim mesmo, e não para Aldo’, diz Lamas, sobre luta pelo título

Para luta contra Dias, norte-americano diz que voltará ao velho estilo que o fazia ‘passar por cima de todo mundo’

R. Lamas (foto) foi derrotado por J. Aldo na luta co-principal do UFC 169. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Lamas (foto) foi derrotado por J. Aldo na luta co-principal do UFC 169. Foto: Josh Hedges/UFC

No dia 28 de junho, Ricardo Lamas tentará deixar para trás a derrota sofrida para José Aldo em fevereiro, em combate que valia o título dos penas do UFC. O norte-americano enfrentará outro atleta da Nova União, Hacran Dias, no UFC Fight Night 44, que será realizado na cidade de San Antonio, Texas (EUA).

Lamas, que perdeu para Aldo na decisão dos juízes, disse ter aprendido importantes lições naquele que era o combate mais importante de sua carreira. Em entrevista ao podcast “Majority Draw Radio”, o lutador se mostrou insatisfeito com a postura que apresentou no UFC 169. “Por ser uma luta de título, eu fui cuidadoso demais. Eu queria não ter feito isso. Eu não lutei como de costume, e isso me custou a luta. Eu perdi para mim mesmo naquela luta, e não para José Aldo. Mas agora tenho que provar que eu mereço uma outra chance”, comentou.

“The Bully”, como é conhecido, destacou a importância de voltar a mostrar o estilo agressivo que lhe deu a oportunidade de lutar pelo cinturão de sua categoria. “Aprendi naquela luta que eu nunca deveria lutar daquela maneira novamente. Eu tenho que lutar como sempre lutei, fazer o jogo que fazia quando mereci lutar pelo título. Eu passava por cima de todo mundo, e preciso voltar a fazer isso”, comentou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments