‘Perdi para mim mesmo, e não para Aldo’, diz Lamas, sobre luta pelo título

Para luta contra Dias, norte-americano diz que voltará ao velho estilo que o fazia ‘passar por cima de todo mundo’

R. Lamas (foto) foi derrotado por J. Aldo na luta co-principal do UFC 169. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Lamas (foto) foi derrotado por J. Aldo na luta co-principal do UFC 169. Foto: Josh Hedges/UFC

No dia 28 de junho, Ricardo Lamas tentará deixar para trás a derrota sofrida para José Aldo em fevereiro, em combate que valia o título dos penas do UFC. O norte-americano enfrentará outro atleta da Nova União, Hacran Dias, no UFC Fight Night 44, que será realizado na cidade de San Antonio, Texas (EUA).

PUBLICIDADE:

Lamas, que perdeu para Aldo na decisão dos juízes, disse ter aprendido importantes lições naquele que era o combate mais importante de sua carreira. Em entrevista ao podcast “Majority Draw Radio”, o lutador se mostrou insatisfeito com a postura que apresentou no UFC 169. “Por ser uma luta de título, eu fui cuidadoso demais. Eu queria não ter feito isso. Eu não lutei como de costume, e isso me custou a luta. Eu perdi para mim mesmo naquela luta, e não para José Aldo. Mas agora tenho que provar que eu mereço uma outra chance”, comentou.

“The Bully”, como é conhecido, destacou a importância de voltar a mostrar o estilo agressivo que lhe deu a oportunidade de lutar pelo cinturão de sua categoria. “Aprendi naquela luta que eu nunca deveria lutar daquela maneira novamente. Eu tenho que lutar como sempre lutei, fazer o jogo que fazia quando mereci lutar pelo título. Eu passava por cima de todo mundo, e preciso voltar a fazer isso”, comentou.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário