‘É só uma questão do Vitor conseguir a licença’, diz Dana sobre luta contra Weidman

Dirigente também aproveitou para comentar triunfo do campeão dos médios sobre Lyoto Machida

V. Belfort (foto) vem de três vitórias consecutivas por nocaute no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

V. Belfort (foto) vem de três vitórias consecutivas por nocaute no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Após ser retirado da disputa do cinturão dos médios devido às mudanças na regulamentação do Tratamento de Reposição de Testosterona (TRT) no início deste ano, Vitor Belfort está muito perto de recuperar a condição de desafiante ao título. O brasileiro foi apontado pelo presidente do UFC Dana White como o próximo adversário do campeão Chris Weidman. No entanto, o dirigente afirmou que a confirmação do duelo depende apenas de Vitor – que precisa conseguir a licença para lutar, mas pode encontrar dificuldades em sua solicitação após ter apresentado níveis elevados de testosterona em um teste recente.

“Weidman venceu Anderson Silva duas vezes, derrotou o Machida e agora quer enfrentar Vitor Belfort? Essa é a luta que deve acontecer. O campeão quer essa luta, ele quer e os fãs também. Agora é só uma questão do Vitor conseguir a licença”, afirmou Dana em declaração reproduzida pela coluna “The Download”, no site oficial do UFC. Além disso, o presidente também falou sobre o campeão Weidman e a forma como ele venceu outro brasileiro,  Lyoto Machida, no UFC 175.

“Aquela luta durou cinco rounds. Machida tem aquele estilo baseado na esquiva. Ele (Weidman) pegou o Anderson, mas não fez o mesmo com o Machida e não conseguiu nocauteá-lo. Eu queria ver como Weidman iria conseguir cortar os ângulos e se ele conseguiria chegar até o Machida e ele fez isso desde o primeiro round. Ele o caçou lá dentro e o machucou com cada golpe que acertou no primeiro round. Esse garoto nunca lutou por cinco rounds e foi duro o suficiente para fazê-lo”, destacou White.

Aos 37 anos, Vitor Belfort tem um cartel profissional de 24 vitórias e dez derrotas. O “Fenômeno”, como é conhecido, não luta desde novembro do ano passado, quando nocauteou o veterano Dan Henderson no UFC Goiânia. Já Chris Weidman, de 30 anos, está invicto como profissional em suas 12 lutas. O campeão dos médios conquistou o título ao vencer Anderson Silva, a quem também bateu novamente em uma revanche, e vem de vitória sobre Lyoto Machida. Belfort e Weidman se enfrentariam no UFC 173, em maio, mas o duelo acabou cancelado devido às mudanças na regulamentação do TRT.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments