Jones provoca, mas pede trégua a Gustafsson: ‘Vou me focar na minha próxima vítima’

Campeão rebateu ataque do sueco, que ironizou corte sofrido pelo norte-americano durante seus treinamentos

J. Jones (foto) defende o cinturão dos meio-pesados em setembro. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Jones (foto) defende o cinturão dos meio-pesados em setembro. Foto: Josh Hedges/UFC

Na última semana, Jon Jones se viu em meio a um embate público trilateral, no qual era alvo dos ataques de seu ex-adversário e grande rival Alexander Gustafsson e de seu próximo desafiante Daniel Cormier. Ao saber que Jones havia sofrido um corte no supercílio em seus treinos, Gustafsson não perdeu a chance de alfinetá-lo e lembrar do corte que provocou no duelo entre eles, considerado a “Luta do ano de 2013”. O campeão não deixou por menos, respondeu o sueco e pediu uma trégua nos ataques, para se concentrar em Cormier.

“Sim, Alex, você me cortou, mas não venceu aquela luta. Concentre-se nas coisas que você pode controlar, como sua recuperação (da lesão que o impediu de ter sua revanche contra Jones pelo cinturão). Você já teve sua chance”, publicou “Bones” em seu perfil oficial no Twitter. “Agora, por favor, pare com essas encenações na mídia para que eu possa me focar em minha próxima vítima (Cormier). Muito obrigado!”, completou em outra mensagem.

No dia 27 de setembro, em Las Vegas (EUA), Jon Jones põe o cinturão dos meio-pesados em jogo pela oitava vez na luta principal do UFC 178. O desafiante do campeão será o ex-campeão do GP do extinto Strikeforce Daniel Cormier – invicto como profissional e que substituiu justamente o contundido Alexander Gustafsson, escalado originalmente para enfrentar Jones no evento.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments