Por que Michel Pereira usou a bandeira de Israel no UFC? Brasileiro explica motivo

Brasileiro, que venceu Andre Petroski no UFC Vegas 81, revela detalhes de gesto em meio a conflito entre Israel e Palestina

Michel Pereira em luta no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

M.Pereira em luta no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Michel Pereira surpreendeu o público ao entrar no octógono com a bandeira de Israel no UFC Vegas 81, realizado no último sábado (14/10). O brasileiro explicou que o gesto foi uma forma de apoiar os amigos que tem no país, que vive um conflito armado com a Palestina. 

Michel Pereira, que é natural de Belém do Pará, venceu por nocaute técnico Andre Petroski em sua estreia nos pesos médios (até 83,9kg.). No entanto, além do triunfo, o que também chamou a atenção foi a sua entrada no octógono com a bandeira de Israel, em um momento de tensão no Oriente Médio. 

PUBLICIDADE:

Veja Também

Michel Pereira precisa de apenas um soco para derrotar Andre Petroski. Foto: Reprodução/Instagram/@ufcespanol
Edson Barboza venceu no UFC Vegas 81. Foto: Reprodução/Instagram/@ufc

Em entrevista de imprensa após o evento, Michel disse que se sensibilizou com os vídeos que viu nas redes sociais sobre a guerra entre israelenses e palestinos. Ele também mencionou que tem um filho e que ficou comovido com as imagens de crianças sofrendo com o conflito. 

“É por causa da guerra. Tenho muitos amigos em Israel e vi os mesmos vídeos que partiram meu coração. Agora tenho um filho e vi alguns vídeos com crianças. Senti que tinha que mostrar apoio a Israel”, declarou Michel Pereira.

PUBLICIDADE:

Michel Pereira entra com a bandeira de Israel 

A entrada do lutador brasileiro com a bandeira de Israel gerou repercussão nas redes sociais, com elogios e críticas. Alguns internautas apoiaram a atitude de Michel Pereira, enquanto outros o acusaram de ignorar o sofrimento do povo palestino. 

PUBLICIDADE:

O conflito entre Israel e Palestina se intensificou nos últimos meses, com trocas de ataques aéreos e terrestres. Segundo o Ministério de Saúde palestino, mais de 2.200 pessoas morreram, sendo a maioria delas civis. 

Leia Mais sobre: , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88