Miesha Tate, sobre luta contra invicta Rin Nakai: ‘Quero colocar minha marca nela’

Ex-desafiante pelo cinturão do UFC considera ‘bizarra’ a maneira da japonesa se promover, mas prega respeito à rival

Tate (esq.) e Nakai (dir.) se enfrentarão no Japão. Foto: Keith Tsuji/Zuffa LLC)

Tate (esq.) e Nakai (dir.) se enfrentarão no Japão. Foto: Keith Tsuji/Zuffa LLC)

O anúncio do combate entre Miesha Tate e Rin Nakai, que acontecerá no UFC Fight Night 52, neste sábado (20), causou estranheza a muitos fãs de MMA pelo mundo. Afinal, a ex-desafiante pelo cinturão da categoria galo feminina do UFC vem de vitória sobre a conhecida Liz Carmouche, mas foi escalada para enfrentar a estreante Nakai em um evento de menor porte no Japão.

Mesmo assim, Tate garante que está encarando o combate com a seriedade habitual. A lutadora destacou que não pode se deixar levar pelo fato de Nakai ser desconhecida no cenário internacional e afirmou que seu objetivo é tirar a invencibilidade da japonesa, que tem um cartel de 16-0-1. “

“O que sei sobre Rin Nakai é que ela está invicta há 16 lutas. Nos vídeos, dá para perceber que é uma garota muito forte, tem muita potência para a categoria. Ela pode ainda estar um pouco crua, mas tenho certeza que ela dará 100% no combate. Eu gosto disso, porque prefiro enfrentar pessoas que estão a fim de lutar. Sei que ela será uma oponente à altura. Não posso subestimá-la. Quero ser a  primeira pessoa a derrota-la. Quero colocar minha marca nela”, disse Tate, em entrevista ao site oficial do UFC.

A norte-americana também comentou a maneira com que Nakai se comporta fora dos ringues. A japonesa frequentemente é vista com roupas ousadas em eventos promocionais, tendo também já feito alguns ensaios sensuais pela internet. “Acho estranho que o tipo de promoção que Rin faz. É a melhor palavra para descrever isso. Mas isso não importa quando ela pisar no octógono. Com ou sem aquele tipo de promoção bizarra, ela é uma grande lutadora, e é com isso que eu tenho que me preocupar.”

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments