Bethe Pitbull acompanha Ronda e também critica presença de transexual no MMA feminino

Brasileira usou seu perfil oficial no Twitter para manifestar sua opinião sobre a lutadora Fallon Fox

B. Pitbull (foto) tem 9 vitórias em sua carreira. Foto: Josh Hedges/UFC

B. Pitbull (foto) tem 9 vitórias em sua carreira. Foto: Josh Hedges/UFC

Desde que estreou profissionalmente, em maio de 2012, a lutadora transexual Fallon Fox tem sido alvo de uma grande polêmica sobre sua presença no MMA feminino. Recentemente, a campeã do UFC Ronda Rousey comentou o caso e se opôs ao fato da atleta competir com outras mulheres. Pouco depois, foi a vez de Bethe Pitbull, que recentemente se tornou uma das principais rivais de Ronda, usar as redes sociais para externar uma opinião semelhante à da loira.

“Desculpa, Fallon Fox, um corpo de uma transexual nunca responderá 100% igual ao de uma mulher! Realidade!”, publicou Bethe na rede de microblogs.

Aos 38 anos, Fallon Fox tem um cartel profissional de cinco vitórias, todas por nocaute ou finalização, e apenas uma derrotas. “The Queen of Swords”, como é conhecida, vem de vitória sobre Tamikka Brents no último dia 13 de setembro. Já Bethe Pitbull, de 31 anos, está invicta como profissional. Desde que estreou no UFC, a potiguar venceu Julie Kedzie, Jessamyn Duke e Shayna Baszler.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments