Aos 47 anos, Renzo Gracie garante: ‘Após a luta contra Sakuraba, voltarei ao UFC’

Veterano faz revanche contra japonês em novembro no Metamoris 5; brasileiro não luta profissionalmente há quatro anos

R. Gracie (foto) quer voltar ao UFC em breve. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Gracie (foto) quer voltar ao UFC em breve. Foto: Josh Hedges/UFC

Mesmo aos 47 anos e sem lutar MMA profissionalmente desde 2010, Renzo Gracie pretende retomar sua carreira,  e em grande estilo – retornando diretamente ao UFC, maior palco do esporte na atualidade. Para o objetivo, Renzo chegou a fixar uma data: logo após o duelo de submission contra Kazushi Sakuraba, que acontece no Metamoris 5, agendado para o dia 22 de novembro.

“Eu estou muito ocupado. Eu comecei uma companhia farmacêutica, algo muito grande que está decolando e funcionando muito bem. Tive problemas familiares com os quais tive que lidar, e não pude treinar. Meu filho ficou doente e tive que me afastar de tudo por um ano. Ele está muito melhor agora, e provavelmente ficará no meu córner. Mas agora tudo está indo bem e estou pronto para chutar alguns traseiros. E em breve, acredite, após a luta contra o Sakuraba, voltarei ao UFC. Estou falando sério, meus amigos, acreditem”, disse Renzo, em entrevista ao podcast “The MMA Hour”.

No dia 22 de novembro, Renzo tem sua revanche contra Kazushi Sakuraba, pelas mãos de quem sofreu sua segunda derrota profissional – em combate realizado no PRIDE 10, em agosto de 2000. Na ocasião, o brasileiro foi finalizado com uma kimura pelo “Gracie Hunter”, mas agora espera devolver o revés. “Como a nossa última luta fi muito equilibrada, e eu perdi por pouco, na minha cabeça quem vencer a próxima terá vencido as duas. Ele é um cavalheiro, um cara muito legal. Mas, seu eu tiver a chance, vou estrangulá-lo ou quebrar o seu braço, em retribuição ao que ele fez com o meu (risos)”, brincou.

Renzo Gracie tem um cartel profissional de 13 vitórias, sete derrotas, um empate e uma luta sem resultados. Em sua última vez no octógono, em 2010, Renzo foi nocauteado pelo ex-campeão dos meio-médios Matt Hughes, em combate realizado no UFC 112, em Abu Dhabi (EAU). Filho de Robson, neto de Carlos e sobrinho de Hélio Gracie, o faixa-preta sexto grau é bicampeão do ADCC, principal torneio de grappling (luta agarrada) do planeta, conquistando o título na categoria até 77kg em 2000 e 2001.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments