Com card levado para Las Vegas neste sábado, relembre eventos do UFC que tiveram sedes alteradas de última hora

Mudança drástica da China para os Estados Unidos não é caso isolado na organização presidida por Dana White

Octógono do UFC montado em Las Vegas. Foto: Reprodução/Facebook UFC

O penúltimo evento do Ultimate na temporada 2023 sofreu mudança drástica nas vésperas de sua realização. Inicialmente, o show, que acontece neste sábado (9), aconteceria em Xangai (CHI), mas acabou sendo realocado para Las Vegas nos últimos dias. O desfecho, no entanto, não é caso isolado na história do UFC.

Abaixo, a equipe do SUPER LUTAS reuniu momentos em que cards tiveram suas sedes alteradas.

PUBLICIDADE:

UFC 178 – 2014

Em 2014, o UFC 178 tinha Toronto (CAN) como sede inicial. O show, marcado para 27 de setembro daquele ano, no entanto, foi transferido para Las Vegas (EUA).

O evento teve como principal estrela Demetrious Johnson, que, à época, reinava absoluto no peso mosca (até 56,7kg.). Na ocasião, a lenda do MMA finalizou Chris Cariaso e somou a quinta defesa de título.

PUBLICIDADE:

No card, o Brasil contou com uma representante. Amanda Nunes, que iniciava sua trajetória na companhia, acabou nocauteada por Cat Zingano.

UFC 232 – 2018

Em 2018, uma polêmica envolvendo Jon Jones forçou uma mudança de última hora na realização do UFC 232. Com pendências a resolver, na época, com a Comissão Atlética de Nevada, ‘Bones’ seria impedido de competir em Las Vegas (EUA).

Para não perder a disputa de cinturão entre sua grande estrela e Alexander Gustafsson, Dana White e sua equipe transferiram o show para Los Angeles (EUA). Após os trâmites, Jones superou o sueco em revanche e reassumiu o título dos meio-pesados (até 93kg.).

O evento também foi marcado pelo histórico embate entre Amanda Nunes e Cris Cyborg. No embate das lendas brasileiras, válido pelo título dos penas (até 65,7kg.), a baiana chocou o mundo ao nocautear a curitibana de forma relâmpago.

2020 – Pandemia, incertezas e mudanças

O ano de 2020 ficou marcado pela pandemia da Covid-19, que provocou drama histórico no mundo, gerando milhões de mortes ao redor do globo. Com a gravidade do momento, diversos eventos esportivos passaram por adaptações severas na tentativa de adequação ao contexto.

No MMA, o Ultimate interrompeu suas atividades após a realização do UFC Brasília, em março daquela temporada. O show em questão, foi realizado com portões fechados.

Após dois meses de paralização, o Ultimate retomou os cards, levando confrontos para Jacksonville (EUA). Depois de três eventos consecutivos na ‘VyStar Veterans Memorial Arena’, a companhia adotou sua sede em Las Vegas, o UFC Apex, como ‘refúgio’ para as lutas que seriam rearranjadas ou remarcadas.

Em 2020, Dana White e sua equipe seguiram surpreendendo com a capacidade de se reinventar no momento de crise mundial. O time criou a ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi. Nos Emirados Árabes, os agentes firmaram parceria que, até nos dias de hoje, rendem frutos.

Mesmo com a situação da pandemia controlada, o UFC Apex segue como casa para a grande maioria dos ‘Fight Nights’ nas temporadas.

UFC Las Vegas 68 – 2023

Em fevereiro de 2023, o Ultimate tinha confirmado um card para a Coreia do Sul. O show teria como luta principal o confronto entre os ‘gigantes’ Sergei Spivak e Derrick Lewis.

Apesar do plano inicial, o evento não acabou acontecendo no oriente. Por fim, o russo e o norte-americano dividiram o octógono no UFC Apex.

No embate, Sergei finalizou Lewis no primeiro round.

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 87 Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86