Rival de Tibau no UFC Brasília, Hallmann cai no doping por anabolizantes

Lutador polonês foi suspenso por nove meses e teve de devolver premiação de US$ 50 mil por ‘Luta da Noite’

Hallmann (foto) foi derrotado por Tibau em Brasília. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Hallmann (foto) foi derrotado por Tibau em Brasília. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

O UFC Fight Night 51, evento que foi realizado no dia 13 de setembro em Brasília (DF), teve um caso de doping registrado. A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA), entidade regulamentadora do UFC no Brasil, comunicou que o atleta Piotr Hallmann foi flagrado com anabolizantes nos exames realizados após a atração.

O polonês, derrotado por Gleison Tibau na luta co-principal do evento, teve a substância dostranolona detectada em seu organismo. Por isso, ele ficará nove meses suspenso a partir da data do evento, sendo que ele precisará se submeter a novos exames de controle antidoping caso queira lutar no Brasil novamente.

A luta entre Tibau e Hallmann foi recebeu o prêmio de “Luta da Noite” do evento. Porém, por ter caído no doping, o polonês terá de devolver ao UFC os US$ 50 mil que recebeu como premiação.

No total, quatro atletas, cujas identidades não foram reveladas, foram testados de forma aleatória em um laboratório credenciado pela WADA, a Agência Mundial Antidoping.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments