Ex-campeão dos pesados, Brock Lesnar pode voltar ao UFC em 2015

Informação foi divulgada pelo ex-narrador do WWE, evento de pro-wrestling, Jim Ross

B. Lesnar (foto) é um dos maiores vendedores de PPV da história do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

B. Lesnar (foto) é um dos maiores vendedores de PPV da história do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Considerado uma das maiores estrelas da história do UFC, e responsável por algumas das maiores vendas de pay-per-view da história da organização, o peso pesado Brock Lesnar pode estar prestes a voltar ao octógono. Quem garante é o narrador Jim Ross, que por muito tempo esteve ligado ao WWE (evento de pro-wrestling no qual o lutador compete) e agora ligado ao MMA. Em entrevista, Ross disse que há boas chances de Lesnar retornar ao Ultimate após o fim do seu contrato com a organização de lutas coreografadas, em 2015.

“Parece-me que Brock Lesnar voltou a estar em forma. Visualmente, ele nunca esteve tão forte. Dá até medo de olhar. Ele está mais assustador agora do que quando deixou o WWE pela primeira vez. A diverticulite (inflamação dos divertículos presentes no intestino grosso) que ele teve não se cura facilmente. Seu corpo precisa sofrer grandes adaptações. Mas agora, na forma que está, eu não vejo razão para ele não poder voltar ao UFC e vender a quantidade enorme de PPVs que sempre vendeu”, disse Ross, em entrevista ao canal norte-americano “FOX Sports”.

Aos 37 anos, Brock Lesnar teve uma carreira curta, porém muito intensa, no MMA. Com apenas oito lutas profissionais, o “Homem mais malvado do planeta” conquistou cinco vitórias e três derrotas. Lesnar foi campeão dos pesos pesados entre 2008, quando tirou o título de Randy Couture, e 2010, quando acabou derrotado por Cain Velasquez. Em um de seus maiores momentos no octógono, Brock Lesnar encabeçou ao lado de Frank Mir o histórico card do UFC 100 – até hoje a maior venda de PPVs da história da organização. Na luta, Brock venceu a revanche contra Mir por nocaute técnico e defendeu seu título.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments