St. Pierre diz que retorno aos treinos não tem relação com possível retorno ao MMA

Ex-campeão do UFC afirma que deixou o esporte por sentir que tinha menos vontade do que seus oponentes

St. Pierre (foto) é ex-campeão do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

St. Pierre (foto) é ex-campeão do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Há algumas semanas, os fãs de MMA ficaram esperançosos com a notícia de que Georges St. Pierre, recuperado de uma cirurgia no joelho, havia retornado aos treinos em sua academia. Isso porque ainda se especula se o ex-campeão dos meio-médios do UFC irá deixar a aposentadoria de lado e retornar ao octógono. Contudo, o canadense deu um banho de água fria na torcida ao explicar seu retorno aos treinamentos.

Em entrevista ao podcast “You’re Welcome!”, apresentado pelo ex-lutador Chael Sonnen, St. Pierre explicou que o fato não tem relação alguma com um possível retorno ao UFC. “Eu vou falar a verdade: eu sempre treino. Eu comecei a treinar quando eu tinha sete anos de idade e nunca parei. Treinar é parte da minha vida, então isso não significa nada. Isso não significa que eu vou voltar ou não. Independentemente se eu me aposentar ou não, eu sempre vou treinar”, contou.

GSP também explicou os motivos de ter decidido abrir mão do cinturão para se afastar temporariamente das lutas. “Eu não sentia aquela fome, aquela vontade de lutar. Quando enfrentei Johny Hendricks, eu cheguei à conclusão que ele e os novos caras ficariam muito mais felizes do que eu com o título”, detalhou. “Se você é derrotado em um outro esporte, não é tão ruim. Mas, se você perde uma luta no MMA, você sofre danos. É muito ruim. Eu queria ficar um tempo afastado para ver onde eu estava indo. Se eu retornar um dia, será importante que eu me reinvente e me torne uma versão muito melhor do que eu era.”

Aos 33 anos de idade, St. Pierre tem um cartel de 25 vitórias e duas derrotas. Em seu último combate, bateu o atual campeão dos meio-médios, Johny Hendricks, em uma apertada decisão dos juízes em novembro de 2013.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments