Ex-campeão peso mosca do UFC, Brandon Moreno anuncia pausa na carreira: ‘Cheguei no limite’

Aos 30 anos, Brandon Moreno anunciou a decisão de se afastar do MMA através de vídeo publicado em rede social

Brandon Moreno UFC México

Brandon Moreno é ex-campeão peso mosca (Foto: Instagram/UFC)

Ex-campeão peso mosca (até 56,7 kg) do UFC, Brandon Moreno anunciou, na noite da última segunda-feira (25), a decisão de se afastar do MMA por tempo indeterminado. Em declaração emocional compartilhada através de um vídeo de cerca de oito minutos nas redes sociais, o mexicano revelou os motivos que o levaram a tomar tal atitude.

De acordo com Brandon Moreno, as derrotas consecutivas em lutas apertadas contra Alexandre Pantoja, no ano passado e, mais recentemente, Brandon Royval, no final de fevereiro, pesaram muito na decisão de tirar um tempo para descansar.

PUBLICIDADE:

“Me frustra um pouco porque eu me esforcei tanto para vencer. O camp foi muito bom. Consegui evitar lesões e pude trabalhar muito bem. Coloquei todo o meu coração para conseguir a vitória, e não aconteceu. Agora tenho duas derrotas consecutivas, mas são duas derrotas estranhas. São derrotas onde se pode argumentar que eu venci. Obviamente, no final do dia, uma derrota é uma derrota. (…) Sinto que estou em um ponto da minha vida em que estou me dedicando ao trabalho, estou dedicado, mas os resultados simplesmente não estão lá, e é muito frustrante”, desabafou Moreno.

Outro ponto destacado por Moreno para tomar a decisão é o cansaço não apenas físico, mas mental, ligado principalmente à rotina de compromissos fora do octógono.

PUBLICIDADE:

“Acho que com todas as questões técnicas de lado, estou apenas cansado. Estou cansado da mídia, das mesmas perguntas, da atmosfera, da pressão constante. Nem acho que seja um único momento mais. Acho que é tudo o que acumulei nos últimos anos. Cheguei a um ponto em que minha mente está estressada e só quero descansar um pouco. Não estou dizendo que estou 100% afastado do MMA, mas quero dar uma pausa para descansar, ficar com minha família e ser apenas uma pessoa normal, estar com minhas filhas e fazer coisas novas”, justificou Moreno.

Por fim, Brandon Moreno garantiu que o afastamento do MMA não é definitivo e prometeu que voltará ainda mais forte com o objetivo de reconquistar o cinturão.

PUBLICIDADE:

” Não é um adeus ou algo assim, é apenas espere por mim, tenha paciência comigo, deixe meu corpo, mas mais do que isso, minha mente, minha cabeça, se compor e se recuperar, e vamos voltar a fazer as coisas direito. Da última vez que isso aconteceu, voltei e me tornei campeão mundial. Gostaria de pensar que posso fazer o mesmo e quando voltar, vou arrasar. Ainda acredito que sou um lutador incrível, e tenho todas as qualidades e habilidades para ser campeão novamente. Apenas acho que alcancei um limite em minha mente e estou cansado. Mas fora isso, tudo está excelente”, explicou Brandon Moreno.

Leia a declaração de Brandon Moreno na íntegra:

“O que posso dizer? Mesmo um mês após a luta, ainda estou digerindo um pouco. Sou grato pelo momento maravilhoso porque aquela caminhada até o octógono na Arena CDMX foi incrível. Foi algo especial e muito bonito porque da última vez que estive lá foi em 2019, e as pessoas já sabiam quem eu era, e estavam me aplaudindo, mas você não pode comparar com desta vez. Todos estavam me apoiando e cantando minha música, e foi lindo.

Ao mesmo tempo, também me frustra um pouco porque eu me esforcei tanto para vencer. O camp foi muito bom. Consegui evitar lesões e pude trabalhar muito bem. Coloquei todo o meu coração para conseguir a vitória, e não aconteceu. Agora tenho duas derrotas consecutivas, mas são duas derrotas estranhas. São derrotas onde se pode argumentar que eu venci. Obviamente, no final do dia, uma derrota é uma derrota. Mesmo que um cara tenha ido para o hospital e o outro tenha que ser levado de cadeira de rodas para fora da arena, ainda não consegui a vitória. Então, com base nisso, há trabalho a ser feito.

PUBLICIDADE:

Sinto que estou em um ponto da minha vida em que estou me dedicando ao trabalho, estou dedicado, mas os resultados simplesmente não estão lá, e é muito frustrante. Isso é algo que me deixa muito triste, mas algo que me define é que sempre encontro uma maneira de voltar.

Acho que com todas as questões técnicas de lado, estou apenas cansado. Estou cansado da mídia, das mesmas perguntas, da atmosfera, da pressão constante. Nem acho que seja um único momento mais. Acho que é tudo o que acumulei nos últimos anos. Cheguei a um ponto em que minha mente está estressada e só quero descansar um pouco. Não estou dizendo que estou 100% afastado do MMA, mas quero dar uma pausa para descansar, ficar com minha família e ser apenas uma pessoa normal, estar com minhas filhas e fazer coisas novas.

Há muitas coisas que não fiz porque estou 100% focado no meu treinamento. Só quero descansar um pouco. Isso de maneira alguma é um adeus. Apenas espere por mim, tenha paciência, deixe meu corpo e minha mente se recuperarem, e voltaremos para fazer as coisas bem.

Não é um adeus ou algo assim, é apenas espere por mim, tenha paciência comigo, deixe meu corpo, mas mais do que isso, minha mente, minha cabeça, se compor e se recuperar, e vamos voltar a fazer as coisas direito. Da última vez que isso aconteceu, voltei e me tornei campeão mundial. Gostaria de pensar que posso fazer o mesmo e quando voltar, vou arrasar. Ainda acredito que sou um lutador incrível, e tenho todas as qualidades e habilidades para ser campeão novamente.

Apenas acho que alcancei um limite em minha mente e estou cansado. Mas fora isso, tudo está excelente. Estou feliz. Saio do evento em 24 de fevereiro com todos os mexicanos que conseguiram vitórias: ‘El Loco’ Torres, Daniel Zellhuber, Edgar Chairez, Yazmin [Jauregui], Jesus Aguilar, todos eles ergueram a bandeira bem alto, e temos que continuar apoiando-os. Sei que mais talento mexicano está chegando, e veremos eles em grandes eventos do UFC. Então, saio com isso e com o apoio. Todos que me apoiam estão totalmente a bordo, e não há como eu retribuir isso.

Neste ponto, tudo o que prometo é que continuarei lutando, avançando, e encontrarei o caminho certo para seguir em frente. Vou fazer tudo para me reerguer novamente. Quero fazer isso, sei que posso fazer isso, e vou fazer isso. Vou ser campeão. Só preciso descansar meu corpo e minha mente.”

FOGO NO PARQUINHO! Lenda do UFC critica Poatan e questiona status de campeão: ‘Difícil apoiar’

Leia Mais sobre: ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88