Carrasco de Poatan no kickboxing, Cesar Almeida promete fazer barulho em estreia no UFC

Escalado para se apresentar neste sábado (06), no UFC Vegas 90, brasileiro falou com exclusividade ao SUPER LUTAS sobre sua trajetória até o Ultimate

Antigo rival de Alex Poatan, onde acumula uma vitória em três lutas, ex-campeão do WGP kickboxing e antigo primeiro colocado no Glory, Cesar Almeida está a poucos dias de fazer sua estreia no Ultimate após ser contratado via Contender Series. Na reta final para duelo contra Dylan Budka, neste sábado (06), no UFC Las Vegas 90, o brasileiro expressa ansiedade para movimentar a categoria dos médios (até 83,9kg.).

Em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS, ‘Cesinha’, como é conhecido, falou sobre sua trajetória de sucesso no kickboxing; explicou motivo para ter migrado ao MMA; analisou próximo duelo e prometeu fazer barulho em sua passagem pela organização.

PUBLICIDADE:

Alex Poatan (esq) e Cesar Almeida (dir) em encarada no WGP kickboxing. Foto: Reprodução/Instagram

“Sou realizado no kickboxing. Estreei no WGP, maior evento da América Latina, em 2012, fui campeão na categoria até 78kg. Subi de categoria, ganhei o cinturão em 2017. 2016 fui campeão mundial pelo Super Kombat na Romênia. Disputei o cinturão no Glory, mas tive problema na balança, infelizmente. Fui número um do Glory por muito tempo. Sou realizado, cheguei no topo e hoje estou no UFC”, disse Cesar

PUBLICIDADE:

Saída do kickboxing para o MMA

“A pandemia foi uma fase ruim no mundo, mas me despertou a vontade de voltar para o MMA. Eu já tinha lutado em 2016, quando treinava na academia do Pedro Rizzo no Rio de Janeiro e como estávamos sem luta e o Glory não estava levando pela dificuldade da pandemia, eu queria continuar ativo e lutando e foi a oportunidade boa de voltar ao MMA”

Cesar Almeida durante treinamento. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Próximo adversário com base na luta agarrada

“Quando chega no UFC não tem muito o que escolher. Se você quer chegar no topo, você tem que pegar os melhores e que tem mais dificuldade. Para mim é motivador pegar um cara do Wrestling que eu já possa me testar. Minha luta no Contender eu pude mostrar que não sou tão bobo (na luta agarrada) como as pessoas achavam. Eu já treino há um tempo, sei me virar. Todo mundo vai querer me colocar para baixo. Sou um striker como os outros da organização. Vai ser uma guerra de estilos. Eu me preparei para isso”

Boa atuação no solo em luta do Contender

“Isso foi um ponto positivo para eu conseguir o contrato. Eu mostrei que to evoluindo no MMA, estou treinando MMA. Eu aprendo rápido as coisas. Independente de resultado, do que está por vir e com quem vou lutar, eu me preparar sempre ao máximo e o nível de competição onde estou é muito alto nos treinos. Fico confiante que vou chegar bem. A luta começa em pé, se fosse começar no chão seria um pouco mais difícil, mas ele vai ter que me botar pro chão para desempenhar”

Cesar Almeida em vitória sobre Lucas Fernandes no Contender. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Treinamento na academia de Sean Strickland

“Todo treino a gente treina junto (Strickland). A gente treina segunda, terça, quarta e sexta juntos. Os caras são super maneiros. Às vezes mostra uma imagem ali que os caras são meio doidos, mas é um time bem unido, todo mundo se ajuda. Não tem ego. Me receberam bem aqui. Sempre que venho (para os EUA) eles me ajudam. É bacana, uma experiência nova. Em São Paulo tenho uma galera boa na Lotus MMA também, está perfeito”

O que esperar do Cesar Almeida no UFC

“Quero fazer barulho. Já lutei demais, não tenho muito tempo. Não é que não tenho muito tempo, mas já entrei com uma idade avançada e a galera liga muito para isso. Eu me sinto super bem com 36 anos, mas sendo realista tenho que fazer barulho. Quero chegar fazendo uma grande estreia e colocar nomes. Tenho que agitar, é meu momento, tenho que cair para dentro e falar mesmo. Senão fico esquecido, acho que isso é natural. Tenho algumas coisas para falar”

S. Strickland em treino com Cesar Almeida. Foto: Reprodução/Instagram

Rumo a estreia na organização, Cesar estreia neste sábado (6) na categoria dos médios e enfrenta Dylan Budka no UFC Las Vegas 90. Atualmente o brasileiro acumula quatro vitórias e nenhuma derrota em sua trajetória pelo MMA.

Charles do Bronx recusa luta no UFC? Peso leve detona: ‘Você sabe que vou te dar trabalho’

Leia Mais sobre: , , , , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300