Canto vence seletiva dramática e segue vivo para ir a Pequim

O judoca Flávio Canto, medalha de bronze nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, continua vivo na luta para ir aos Jogos de Pequim. Mesmo sem estar na forma física ideal e ainda se recuperando de uma lesão no cotovelo que provocou sua eliminação nos Jogos Pan-Americanos, ele venceu de maneira dramática a seletiva nacional, disputada neste sábado, em Uberlândia (MG).

Canto, de 32 anos de idade, travou uma disputa bastante equilibrada na categoria meio-médio (até 81 kg) com o jovem Felipe Braga, 12 anos mais jovem. E o veterano só conseguiu a vitória no “golden score” da terceira luta com uma imobilização a cerca de dois minutos para o fim.

No momento em que conseguiu a imobilização, Canto parecia dominado. Cansado, ele já não conseguia mais iniciativa nos golpes e sentia dores no pulso da mão esquerda. Caminhando para a derrota que o tiraria de Pequim, ele conseguiu derrubar o adversário e imobilizá-lo por 25 segundos.

PUBLICIDADE:

“Estava consciente de que não seria fácil e só ganhei no finalzinho não sei como”, declarou Canto, em entrevista à emissora de TV “Sportv”. “O que mais me atrapalhou foi a condição física e o adversário, que lutou bem e impôs um ritmo forte.”

Com o triunfo de virada -ele havia perdido a primeira luta por yuko e vencido a segunda por wazari-, Canto disputará a vaga em Pequim com Tiago Camilo. O classificado será aquele que tiver melhor rendimento nos torneios internacionais que disputarem em 2008.

PUBLICIDADE:

A batalha promete ser bastante equilibrada, já que Camilo também é um ex-medalhista olímpico -foi prata em Sydney-2000 com apenas 18 anos de idade.

No entanto, Camilo é atualmente considerado um dos judocas de maior talento da atualidade e, neste ano, foi campeão mundial entre os meio-médios. Nos Jogos Pan-Americanos, também no Rio de Janeiro, competiu na categoria médio (até 90 kg) e também levou medalha de ouro.

PUBLICIDADE:

A seletiva deste sábado definiu mais quatro nomes para a disputa o processo olímpico. São eles Denílson Lourenço (até 60 kg), Victor Penalber (até 73 kg), Leonardo Leite (até 100 kg) e Walter Santos (acima de 100 kg).

Eduardo Santos venceu Hugo Pessanha na seletiva da categoria (90 kg), mas ambos disputarão a classificação para Pequim, já que o lugar de titular da seleção estava vago. Na categoria até 66 kg, Leandro Cunha foi o vencedor, mas ficará como reserva da seleção, pois João Derly, campeão mundial e do Pan, já havia se garantido nos Jogos de 2008.

No feminino, Vânia Ishii é outra veterana de Olimpíadas ainda com chance de ir a Pequim-08. Aos 34 anos, ela, que competiu em Sydney-2000 e Atenas-2004, finalizou a disputa com Amanda Cavalcanti com duas vitórias na categoria até 63 kg. A disputa por vaga em Pequim será contra Danielli Yuri.

PUBLICIDADE:

Também se classficaram para a disputa por vaga na Olimpíada Sarah Menezes (até 48 kg), Ketleyn Quadros (até 57 kg), Maria Portela (até 70 kg), Claudirene Cesar (até 78 kg) e Aline Puglia (acima de 78 kg). Andressa Fernandes foi a vencedora da categoria até 52 kg, mas será reserva, pois Érika Miranda já tinha garantida a vaga em Pequim por ter sido vice no Pan e quinto colocada no Mundial.



Comentários

Deixe um comentário

Resultados do UFC Louisville Resultados do UFC 302 Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301