Israel Adesanya explica importância de pausa na carreira e revela objetivos para ‘capítulo final’

Ex-campeão dos médios, Adesanya retorna ao octógono no UFC 305, em agosto, um ano após perder cinturão

Israel Adesanya pesagem UFC 293

Israel Adesanya em pesagem no UFC (Foto: Instagram/UFC)

A disputa de cinturão dos médios (até 83,9 kg) contra Dricus Du Plessis no UFC 305, no dia 17 de agosto, marca o retorno de Israel Adesanya cerca de 11 meses após a derrota e perda de cinturão para Sean Strickland e decisão de fazer um breve hiato na carreira. Hiato neste, que, segundo o ex-campeão, era necessário e foi proveitoso.

Em entrevista ao apresentador sul-africano Sias Du Plessis (não relacionado ao campeão dos médios), Israel Adesanya falou sobre os aprendizados adquiridos durante a breve interrupção da carreira.

PUBLICIDADE:

“O hiato definitivamente foi necessário. Fisicamente, mentalmente e até espiritualmente eu precisava de uma pausa não apenas das lutas, mas também dos camps de treinamento e dos constantes desafios em que colocamos nossos corpos como guerreiros. Foi bom para mim apenas desligar do jogo. Aprendi muito no tempo que fiquei afastado. Sempre fui um cara muito paciente, mas me tornei ainda mais paciente, com mais clareza. Tenho certeza do que quero conquistar nesse último capítulo do meu jogo”, afirmou.

Israel Adesanya voltou a declarar que se tornar campeão dos médios não é o objetivo principal na retomada da carreira, mas colecionar feitos e adversários.

PUBLICIDADE:

“Sou duas vezes campeão dos médios. Ser três vezes será legal, mas não é o principal objetivo. Para mim, o objetivo é vencer guerreiros de diferentes códigos, diferentes nações, grandes lutadores como Dricus. Apagá-los, colocá-los em meu cartel e seguir para o próximo até acabar. O cinturão sempre foi legal, mas a jornada até ele é o principal. Eu apenas gostava de bater nos outros”, afirmou.

Por fim, ‘Izzy’ respondeu como pretende lidar com a força física de Dricus Du Plessis. O nigeriano não pareceu muito preocupado.

PUBLICIDADE:

“Eu enfrentei o maior peso médio, Alex Pereira, e nocauteei ele. Como vou lidar com o estilo único de Dricus? Simplesmente serei único também. Nunca mais vou me afastar do meu estilo ou do meu ritmo. Vou fazer o que faço de melhor, que é bater nos outros de maneira espetacular. Fiz isso durante toda a carreira e quero voltar. Não estou preocupado com o resultado e sim com a jornada”, finalizou.

Dricus Du Plessis e Israel Adesanya se enfrentam pelo cinturão dos médios na luta principal do UFC 305, no dia 17 de agosto, em Perth, na Austrália.

Poatan tem reação surpreendente e rebate Jake Paul sobre luta de boxe

Leia Mais sobre: , ,


Resultados do UFC Denver Resultados do UFC 303 Resultados do UFC Arábia Saudita Resultados do UFC Las Vegas 93 Resultados do UFC Louisville