Floyd Mayweather vence ‘luta do século’ contra Manny Pacquiao

Em um resultado bastante contestado por Pacquiao, juízes deram a vitória de Mayweather com certa folga no placar

Mayweather (esq.) acerta Pacquiao (dir.) na luta do século

Mayweather (esq.) acerta Pacquiao (dir.) na luta do século

Floyd Mayweather comprovou quem é o maior pugilista da atualidade. Na badalada e esperada ‘luta do século’, realizada na madrugada deste domingo (03), em Las Vegas, o norte-americano fez um combate equilibrado contra Manny Pacquiao, mas com a estratégia perfeita  levou a melhor na decisão unânime dos juízes (116×112, 118×110, 116×110). Com o resultado, ‘Money’, como é conhecido, unificou os títulos da Organização Mundial de Boxe (WBO), Associação Mundial de Boxe (WBA) e do Conselho Mundial de Boxe (WBC).

O resultado foi bastante contestado por Pacquiao. “Foi uma boa luta, mas acho que ganhei. Ele não fez nada, só se esquivou e fugiu do combate. Atirei golpes desde o início. Ele só se mexia para os lados”, disse ‘Pacman’ ainda no ringue após a luta.

Veja Também

Vídeo: Assista aos melhores momentos da luta entre Floyd Mayweather x Manny Pacquiao
Pacquiao diz que venceu luta do século e dispara contra Mayweather: ‘Ele só fugiu’
Roy Jones Jr. abre caminho para encarar contra Anderson Silva e diz que lutaria no Brasil
Jon Jones pede desculpas por recentes polêmicas e diz que vai fazer ‘exame de consciência’
Bolsa de Mayweather para luta histórica pagaria salários de Messi e Cristiano Ronaldo por cinco anos; veja outros exemplos

A luta do século

Cercada de muita expectativa, o combate entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao não decepcionou desde o primeiro segundo. Com coração, Pacquiao partia pra cima e tomava a iniciativa, enquanto Mayweather com muita inteligência se esquiva dos golpes, se deixava encurralar e respondia no contragolpe. Esta foi a tônica da disputa.

Depois de um primeiro round de muito estudo, Pacquiao começou a tomar a iniciativa, buscar o in fight e soltar mais golpes. Com maior envergadura, Floyd se deixava encurralar, dava aula de esquiva e respondia no contragolpe.

No terceiro round, Mayweather teve a superioridade e trabalhou com jabs para abrir vantagem. No quarto assalto, porém, Pacquiao voltou com tudo. O ‘Pacman’ acertou uma sequência incríveis de golpes. Floyd se fechou muito bem e conseguiu escapar da pressão.

Mayweather e Pacquiao se alternavam no controle da disputa e deixavam os fãs eufóricos no MGM Gran Garden.

Na metade final da luta, Floyd fez o que ele faz de melhor: usou a estratégia. O norte-americano abusou das fintas, trabalhou com jabs para manter Pacquiao afastado e não perdia socos, sempre com contragolpes certeiros.

Pacquiao, até de forma surpreendente, continuou tomando a iniciativa na metade final. Apesar colocar o rival contra as grades em vários momentos, a maioria dos ataques não acertava em cheio.

No 11º assalto, Mayweather voltou a tomar a iniciativa disposto a abrir vantagem nas papeletas dos juízes e abusou dos jabs. Por sua vez, Manny já não tinha o mesmo poder para ‘caçar’ o rival.

No 12º e último round, a tensão era clara no rosto de todos no MGM Gran Garden, menos de Floyd Mayweather. O pugilista abusou das fintas e comemorou antes mesmo do gongo soar. Pacquiao tentou, novamente, caçar o rival, mas sem acertar nenhum soco.

No resultado oficial, apesar da grande maioria do público ter visto uma luta equilibrada, os juízes laterais não tiveram dúvidas para marcar o triunfo de Floyd Mayweather com uma certa vantagem. (116×112, 118×110, 116×110).

Com o resultado, Mayweather soma um incrível cartel de 48 vitórias em 48 lutas e segue imbatível dentro do ringue. Por sua vez, Pacquiao sofre sua sexta derrota na carreira. Ele tem 56 vitórias e dois empates.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments