Jon Jones pede desculpas por recentes polêmicas e diz que vai fazer ‘exame de consciência’

Norte-americano, agora ex-campeão dos meio-pesados do UFC, se manifestou publicamente pela primeira vez de maneira breve após acidente

J. Jones (foto) é agora ex-campeão dos meio-pesados. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Jones (foto) é agora ex-campeão dos meio-pesados. Foto: Josh Hedges/UFC

Jon Jones se manifestou publicamente pela primeira vez de maneira breve após o polêmico acidente de trânsito no qual se envolveu, o que lhe custou o cinturão dos meio-pesados do UFC.

Veja Também

Entenda os principais pontos sobre a polêmica de Jon Jones e o acidente de trânsito
UFC retira cinturão de Jon Jones e suspende lutador por tempo indeterminado
Cormier celebra chance de disputar o cinturão, mas reconhece: ‘É um dia triste para o esporte’

O norte-americano, que também foi suspenso das lutas por tempo indeterminado, fez uma postagem breve no Twitter logo após ficar sabendo da punição imposta pelo Ultimate. “Tenho um longo exame de consciência pela frente. Me desculpem todos a quem eu decepcionei”, escreveu o lutador.

A decisão do UFC coloca fim ao reinado de Jones entre os meio-pesados, que durava desde 2011. “Bones” conquistou o título aos 23 anos de idade, derrotando o então campeão, Maurício Shogun, por nocaute técnico.

Depois disso, Jones bateu recordes ao defender seu título por oito vezes, incluindo vitórias sobre os ex-campeões Lyoto Machida, Quinton Rampage Jackson, Rashad Evans e Vitor Belfort. Em sua mais recente defesa, em janeiro, tirou a invencibilidade de Daniel Cormier, no UFC 182.

Além de perder o cinturão, Jones também viu o contrato de patrocínio que tinha com a Reebok ser rompido de maneira imediata. O novo campeão dos meio-pesados será conhecido no mês que vem, quando Daniel Cormier e Anthony Johnson se enfrentam no UFC 187.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments