Empresário diz que Manny Pacquiao salvou filipina de fuzilamento na Indonésia

'Pacman' teria escrito uma carta ao presidente da Indonesia pedindo pela vida de Mary Jane Veloso, que seria morta junto com o brasileiro Rodrigo Gularte

Pacquiao (foto) escreveu uma carta ao presidente da Indonésia pedindo pela vida da compatriota.

Pacquiao (foto) escreveu uma carta ao presidente da Indonésia pedindo pela vida da compatriota.

O pugilista filipino Manny Pacquiao é um dos homens mais importantes em seus país, mas de acordo com seu empresário, Bob Arum, o lutador mostrou influência além das fronteiras. De acordo o agente, Pacquiao foi o responsável por salvar a conterrânea Mary Jane Veloso do corredor da morte nas Indonésia. Ela seria executada ao lado do brasileiro Rodrigo Gularte e de mais sete condenados, na última terça-feira, mas no último momento acabou retirada da lista.

Veja Também

UFC retira cinturão de Jon Jones e suspende lutador por tempo indeterminado
Jon Jones pede desculpas por recentes polêmicas e diz que vai fazer ‘exame de consciência’
Jones é mais um campeão a perder seu cinturão fora do octógono; relembre outros casos
José Aldo assume liderança de ranking do UFC após suspensão a Jon Jones

Na coletiva de imprensa que antecede a superluta contra o norte-americano Floyd Mayweather, Arum iniciou o contato com a imprensa revelando a ação de seu atleta para salvar a conterrânea . Para o empresário, uma carta escrita por Pacquiao foi o que salvou a vida da mulher da execução.

“Veja a notoriedade de Manny (Pacquiao) ao redor do mundo. Aconteceu um incidente que eu estava acompanhando ontem sobre 9 pessoas que foram presas na Indonésia por tráfico de drogas. Eram oito homens e uma mulher filipina. Eles todos foram sentenciados à morte. Manny escreveu uma carta ao presidente da Indonésia explicando que ele iria lutar no dia 2 de maio e ele pediu ao presidente da Indonésia para poupar a vida dessa mulher. Ontem oito dos traficantes de droga foram executados, mas a vida da mulher foi poupada. Esse é o tipo de influencia que esse cara tem ao redor do mundo. Todo mundo sabe disso”, revelou Bob Arum.

A luta

O combate entre o filipino Manny Pacquiao e o norte-americano Floyd Mayweather, que vem sendo chamado de ‘A luta do século’, acontece neste sábado, dia 2 de maio, a partir das 22h (horário de Brasília)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments