Derrotado por Massaranduba, Parke se diz ‘roubado’: ‘Esses juízes são uma piada’

Norte-irlandês não poupou críticas depois de se ver envolvido pela segunda vez em polêmicas em lutas no Brasil

Parke (dir.) não esconde decepção com decisão dos juízes. Foto: Inovafoto

Parke (dir.) não esconde decepção com decisão dos juízes. Foto: Inovafoto

Norman Parke não ficou nada feliz após sua luta no UFC Fight Night 67, no último sábado (30 de maio), em Goiânia. O norte-irlandês, derrotado por Francisco Massaranduba depois de três rounds de ação, criticou duramente a decisão dos juízes, que apontaram, de forma dividida, vitória ao veterano do TUF Brasil 1.

[relacionadas[

Em sua segunda luta no Brasil, Parke se viu envolvido pela segunda vez em polêmicas. No ano passado, em Natal, o lutador teve um ponto seu retirado de maneira controversa contra Leonardo Santos, o que fez com que o combate terminasse em empate. Desta vez, irritado, Parke não poupou os juízes pela decisão tomada em Goiânia.

“Eu não consegui acreditar no que ouvi quando anunciaram a decisão. Esses juízes são uma piada. Venci o primeiro round e sabia que precisava vencer o terceiro round, o que claramente fiz. Sinto que fui roubado no Brasil e não foi a primeira vez, mas isso não vai me parar”, disparou Parke, em entrevista ao jornal “Belfast Telegraph”.

Dos três juízes que pontuaram a luta entre Parke e Massaranduba, apenas um era brasileiro: Felipe Frank, que deu vitória a Massaranduba. Os outros eram Chris Lee (único que pontuou em favor de Parke) e Rick Winter.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments